Palmeiras enfrenta Alianza Lima para confirmar liderança na Libertadores

Jogo pode marcar campanha vitoriosa do Verdão na primeira fase da Libertadores

Palmeiras enfrenta Alianza Lima para confirmar liderança na Libertadores
Thiago Martins após marcar no último confronto entre as equipes (Foto: Cesar Greco/ Palmeiras/ Divulgação)
Alianza Lima
Palmeiras
Alianza Lima: ANGELO CAMPOS; LUIS GARRO, MIGUEL ARAUJO, CARLOS ASCUES, JOSÉ GUIDINO; ALDAIR FUENTES, RINALDO CRUZADO, TOMÁS COSTA, ALEJANDRO HOHBERG; KEVIN QUEVEDO E JANIO PÓSITO.
Palmeiras: JAILSON; MARCOS ROCHA, ANTÔNIO CARLOS, THIAGO MARTINS E DIOGO BARBOSA; BRUNO HENRIQUE E MOISÉS; DUDU, LUCAS LIMA E KENO; BORJA.
ÁRBITRO: GERY VARGAS
INCIDENCIAS: ESTÁDIO ALEJANDRO VILLANUEVA, FASE DE GRUPOS DA LIBERTADORES, 03 DE MAIO DE 2018, 21:30 HORAS

O Palmeiras enfrenta nesta quinta feira (3) o Alianza Lima pela Copa Libertadores da América. A partida marca o reencontro das duas equipes após o confronto do jogo de ida, realizado no Allianz Parque. Na ocasião o verdão venceu por 2 a 0, com gols de Thiago Martins e Borja.

O clube alviverde vem embalado após um respiro no campeonato Brasileiro e nas polêmicas que pairavam sobre a equipe. Dudu, por exemplo, chegou a ser vaiado e criticado pela torcida antes do jogo contra o Boca Juniors na Argentina, mesmo sendo um dos pilares do atual elenco. Após a vitória frente ao time argentino o clima mudou e nem o empate polêmico contra a Chapecoense tira o ar de tranquilidade e favoritismo alviverde no duelo.

As duas equipes se enfrentaram pela Libertadores em três ocasiões, com três vitórias do time do Palestra Itália. Os dois primeiros confrontos aconteceram em 1979; o verdão venceu por 4 a 2 na ida e no jogo de volta saiu novamente vitorioso por 4 a 0, o último confronto foi a vitória por 2 a 0 na atual edição.

Crise interna e a cobrança por resultados

O clube peruano amarga a última colocação do grupo H da Libertadores, sendo o único a não marcar nenhum gol nesta edição do torneio. O único ponto somado pelo clube foi contra o Boca Juniors da Argentina pela primeira rodada da competição. De lá pra cá a equipe só perdeu, com derrotas para o Palmeiras por 2 a 0 e para o Junior Barranquilla por 1 a 0.

O time que se sagrou campeão nacional em 2017, faz uma péssima campanha não só no torneio continental como também nas competições nacionais das quais participa. Tal desempenho vem preocupando dirigentes, torcedores e jogadores.

O treinador, que também é duramente criticado, admitiu a culpa pela má fase e falou sobre corrigir os erros da equipe.

“Eu não dou desculpas. Ou estamos bem, ou mais ou menos ou mal. E estamos jogando mal. Eu tomei decisões que não saíram bem. Tenho que melhorar, corrigir; o time, também. É nossa intenção”, frisou o treinador.

Provável escalação: Angelo Campos; Luis Garro, Miguel Araujo, Carlos Ascues, José Guidino; Aldair Fuentes, Rinaldo Cruzado, Tomás Costa, Alejandro Hohberg; Kevin Quevedo e Janio Pósito.

Ausências e a luta pela melhor campanha

O Palmeiras viaja ao Peru com desfalques importantes no time titular. O volante Felipe Melo e os zagueiros Edu Dracena estão fora de combate para o duelo desta quinta feira. O primeiro sofre com uma inflamação no pé direito e deve dar lugar a Bruno Henrique, já o experiente beque alviverde esta sendo poupado para a sequência de jogos até a parada para a Copa do Mundo na Rússia.

O time alviverde já entra classificado para a próxima fase e luta pela melhor campanha do torneio, feito que pode render uma vantagem mais a frente quando a competição atingir o seu auge no mata- mata.

Provável escalação: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Diogo Barbosa; Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Lucas Lima e Keno; Borja.