Jair Ventura vê Santos voltando aos trilhos após vitória contra Paraná

Com duas vitórias nos jogos seguintes a goleada contra o Grêmio, no último domingo (6), técnico do Peixe afirma que os resultados positivos minimizam situação adversa

Jair Ventura vê Santos voltando aos trilhos após vitória contra Paraná
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Mesmo após duas vitórias consecutivas nos últimos três dias, o fantasma da goleada por 5 a 1 sofrida pelo Santos contra o Grêmio no último domingo (6), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, segue rondando a Vila Belmiro. 

Após a vitória deste domingo (13) contra o Paraná, o técnico Jair Ventura, em sua entrevista coletiva, afirmou que vitórias recentes, tanto contra o Paraná quanto a desta quinta (10) contra o Luverdense pela Copa do Brasil, minimizam a goleada aplicada pelo Tricolor Gaúcho.

"A gente sabe que a ferida que aconteceu em Porto Alegre não pode ser apagada, mas pode ser minimizada com resultados positivos, jogando bem, propondo, controlando o jogo, o que a equipe do Santos fez nas duas últimas partidas, mas a gente sabe que não vai apagar", disse Jair. 

O treinador do Santos revelou uma conversa com um dos médicos do clube, que fez uma analogia da situação do time com a lesão do lateral-direito Daniel Alves às vésperas da Copa do Mundo.

"Estava falando com o doutor e ele fez uma analogia com um atleta que se machuca. O caso do Daniel (Alves) agora, que se machuca, você tem que esperar quatro anos e dependendo da sua idade você nem pode mais disputar. E o futebol você tem o próximo jogo que você pode dar a volta por cima e é isso que a gente vêm buscando fazer, trabalhando e tentando dar alegria para a nossa torcida", comparou.

Mais uma vez o Santos foi para o vestiário com um empate e assim como na partida contra o Luverdense os quase 4 mil torcedores que estiveram na Vila Belmiro vaiaram o Peixe na saída para o intervalo. Mesmo com as críticas, Jair enxergou o primeiro tempo mehor que o segundo, porém, otodos os gols do jogo saíram justamente na etapa final.

"Criamos diversas chances, tivemos o controle do jogo, 70% de posse de bola, quase. Quando estamos assim, estamos mais perto do gol, como aconteceu", afimou Jair.

O Alvinegro volta a campo já nesta semana, na quinta (17) enfrenta o Luverdense pela partida de volta das Oitavas de Final da Copa do Brasil, no Mato Grosso. Devido a larga vantagem conseguido ao vencer o time de Lucas do Rio Verde por 5 a 1, Jair disse que sentará com os departamentos médicos e fisiológicos do time para, se for o caso, poupar determinados jogadores da viagem.

"Esse mês vamos fazer nove jogos em 30 dias, o que é uma loucura. Então, forçar um jogador que está com um indicador alto, você vai acabar perdendo ele pro resto da temporada. Vamos estudar e os que estiverem aptos fisicamente estarão viajando para conseguirmos o nosso objetivo que a classificação para a próxima fase", explicou.

Outro motivo para que o técnico do Santos possa a vir poupar atletas é que no domingo que vem (20) o Peixe enfrenta o São Paulo no Morumbi pelo clássico San-São válido pela sexta rodada do Brasileirão.