Após cinco meses, Paulo Autuori deixa diretoria do Fluminense
Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Após cinco meses, Paulo Autuori deixa diretoria do Fluminense

Dirigente estava desgastado após uma série de acontecimentos negativos e ocupou o cargo de diretor de futebol

ygor-moreira
Ygor Henriques Moreira

O Fluminense anunciou de forma oficial o desligamento de Paulo Autuori da função de diretor esportivo do clube, na tarde desta segunda-feira (28).

Autuori chegou em dezembro de 2017, em um momento difícil do clube, pedido por Abel Braga. O Fluminense tinha indefinições no elenco devido sua crise financeira, além do péssimo momento vivido na política do clube e em campo.

Abel viu em Autuori a possibilidade de dividir funções, o técnico reclamou diversas vezes que estava desgastado, sem ter um profissional experiente auxiliando no dia a dia.

O dirigente era o elo entre a diretoria e a comissão técnica, supervisionava o desempenho do corpo técnico e dos jogadores e fazia o alinhamento entre a categoria de base para o futebol profissional.

Autuori executava negociações e foi na possível contratação de Kleber Gladiador, no início da temporada, que houve um desgaste no clube, após o vazamento das informações da negociação e um possível desaconselhamento por parte médica do clube.

Com a saída de Marcus Vinicius Freire, que desempenhava a função de CEO do clube e foi o responsável pela ida do Autuori no Flu, mais o atraso no pagamento dos salários dos jogadores e funcionários do clube, Autuori pediu desligamento do clube para Abad. Autuori manifestou também saudade de comandar clubes na beira do campo, outro motivo que forçou sua saída do Fluminense.

Em coletiva após a vitória contra o Atlético-PR, na semana passada, o técnico Abel Braga afirmou que Paulo Autuori era vital no seu trabalho e mostrou preocupação caso Autuori saísse do clube.

''Primeiro que é fantástico trabalhar com ele. Em momento nenhum tive que resolver qualquer tipo de assunto com a direção. Ele sabe se posicionar bem nesse aspecto. Não é só a perda do profissional, sai um, vem outro. É muita saída, muita mudança, sabe?. Era o Alexandre Torres, veio o Paulo e a gente não sabe se vai sair.Teve a saída de um monte de gente. Fico me perguntando qual o nosso rumo" disse Abel Braga.

O presidente Pedro Abad deve ocupar o cargo de Paulo Autuori, acumulando mais de uma função no clube. Rodrigo Caetano era um nome ventilado na Laranjeiras, por ter uma passado de conquistas no clube e afinidade com Abel Braga, mas acertou sua ida ao Internacional na semana passada.

 “Quero agradecer ao Paulo Autuori por todas contribuições que trouxe neste período conosco e pela conduta sempre transparente e íntegra enquanto esteve à frente do carro-chefe do nosso clube” Afirmou Pedro Abad na nota oficial.

Paulo Autuori agradeceu pelo período em que atuou no clube tricolor

"Foi uma honra ter a oportunidade de fazer parte dessa instituição histórica e vitoriosa. Desejo sucesso ao clube nos próximos passos daqui em diante."

Após o treino da manhã, no CT Pedro Antônio, Autuori comunicou a saída aos jogadores e da comissão técnica. O clima no clube é de lamentação.

VAVEL Logo

Fluminense FC Notícias

há 3 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 11 dias