Líder, Flamengo recebe Corinthians em confronto direto no topo da tabela do Brasileirão
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Líder, Flamengo recebe Corinthians em confronto direto no topo da tabela do Brasileirão

Rubro-Negro busca seguir na liderança e abrir vantagem dos concorrentes, enquanto equipe alvinegra se espelha em retrospecto recente para estragar festa no Maracanã

mathenrique
Matheus Henrique

Neste domingo (2), as duas maiores torcidas do país param para assistir suas equipes em confronto direto pelo topo da tabela do Campeonato Brasileiro. De um lado, o Flamengo defende a liderança e bom momento para enfrentar o Corinthians, amargo adversário em tempos recentes e no início do trabalho de seu novo treinador, Osmar Loss. A partida será disputada no Maracanã, às 16h, pela sétima rodada do torneio.

Embora tenha sido a única equipe a não ser derrotada pelo Timão, no ano passado - quando os alvinegros tornaram-se campeões brasileiros, o Rubro-Negro tem passado por dificuldades ultimamente ao enfrentá-los. Nesta década, em 16 partidas, o Corinthians venceu nove, com quatro empates e apenas três vitórias rubro-negras.

Para mudar esse panorama, a equipe carioca visa seguir o entrosamento que possibilitou somar 17 pontos neste Brasileirão, até então, e se tornar o líder absoluto do campeonato. O time segue com seus cinco desfalques por lesão - Réver, Juan, Pará, Geuvânio e Berrío -. além de Cuéllar, sem liberação da seleção colombiana, e Trauco, em preparação para disputa da Copa do Mundo pelo Peru. No último teste sem os mesmos, os escalados de Maurício Barbieri convenceram e venceram o Bahia por 2 a 0, pela oitava rodada do campeonato.

No Corinthians, desfalques também são comuns. Além de Cássio e Fagner, a serviço da seleção brasileira, Romero, Danilo, Emerson Sheik, Renê Junior, Clayson e Ralf se recuperam de lesão. Com 14 pontos no campeonato, o Timão luta para recuperar os pontos perdidos, como nos tropeços contra o Ceará, dentro de casa, e Internacional, na derrota ocasionada por falha nos instantes finais. A vitória não concede a liderança ao alvinegro, porém, iguala a pontuação do líder e deixa a equipe em condição favorável na tabela.

Como de costume, o clássico nacional deve contar com bom público no Maracanã. Até o dia anterior da partida, cerca de 40 mil ingressos haviam sido vendidos e a expectativa é que esse número tome proporções ainda maiores.

No último confronto entre as equipes pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo derrotou o Corinthians pelo placar de 3 a 0, valendo pela 36ª rodada do Brasileirão 2017. Na Ilha do Urubu, Mancuello, Diego e Vizeu marcaram os gols do jogo.

Fla visa seguir no embalo e defender liderança no Brasileirão

Diego comemora primeiro gol do Flamengo contra o Bahia. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Diego comemora primeiro gol do Flamengo contra o Bahia. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Não restam dúvidas de que o Flamengo vive excelente momento na temporada. A vitória na última quinta-feira, contra o Bahia, serviu para deixar claro o entrosamento presente na equipe de Maurício Barbieri em todos os setores do campo e a confiança dos jogadores, além de assegurar a liderança do campeonato.

A situação também mudou a relação da equipe com sua torcida, conturbada durante boa parte do ano, e que parece finalmente ter dado liga. Os gritos de protesto parecem finalmente ter sido trocados por de incentivo. Neste domingo, a expectativa é que o Rubro-Negro conte mais uma vez com cerca de 50 mil flamenguistas para apoiar a equipe a se manter no ponto mais alto da tabela.

Porém a última partida não serviu apenas de comemorações pela boa atuação, mas também de preocupações pelas chances desperdiçadas e espaços deixados na defesa na etapa final. Além disso, o zagueiro Léo Duarte, constante titular nos últimos jogos, saiu de campo sentindo lesão e foi substituído. Durante a semana, ele passou por reavaliação e está confirmado para a partida.

A sorte não é a mesma com o restante dos integrantes do departamento médico da equipe. Como citado anteriormente, ainda se recuperam de lesão Réver, Juan, Pará, Geuvânio e Berrío, enquanto Trauco está a serviço da seleção. Havia a esperança de retorno do volante Cuéllar, porém, a federação colombiana não permitiu a utilização do jogador. Sendo assim, Jonas segue como titular no meio-campo.

Corinthians se espelha em retrospecto recente contra o Fla para ser estraga-prazeres

Jogadores do Corinthians comemoram junto a Jadson o gol da vitória contra o América-MG. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Jogadores do Corinthians comemoram junto a Jadson o gol da vitória contra o América-MG. Foto: Reprodução/@corinthians

Não é incomum ver um torcedor rubro-negro se incomodar com parcela de favoritismo por parte de seu time, ainda mais quando o jogo se dá dentro do Rio de Janeiro, com Maracanã lotado e expectativa do resultado positivo para a partida. Além disso, recentemente outro elemento tem feito os cariocas ficarem aflitos: enfrentar o Corinthians.

Neste domingo, as duas situações se encontram e não agrada aos flamenguistas. O Corinthians venceu nove das 16 partidas disputadas na década, entre elas, alguns jogos levam boas lembranças ao torcedor corintiano, como a vitória por 3 a 0, no tradicional estádio carioca.

Para seguir com boas lembranças, o Corinthians terá de melhorar as últimas atuações e tentar engrenar com seu novo treinador, Osmar Loss. Por sua vez, Loss terá a árdua missão de comandar a equipe com oito desfalques e a pressão de seguir substituindo Fábio Carille, que fez histórico comando na equipe. Na última partida, contra o América-MG, a equipe do Timão passou por dificuldades para ganhar dos mineiros e viaja ao Rio de Janeiro com algumas peças a encaixar, como a distribuição de jogo e a cobertura nos contra-ataques.

Em busca da vitória, a esperança alvinegra segue sendo Rodriguinho, artilheiro da equipe no ano. Presente na pré-lista de Tite para a Copa do Mundo, o meia segue sendo o mais ativo do time. Vale lembrar que, no confronto de 2016, no Maracanã, o camisa 26 foi o autor do gol da virada do Timão sobre o Fla, que viria a empatar no decorrer da partida.

VAVEL Logo