Juventude marca no último minuto e busca empate contra Atlético-GO

Jaconero chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas conseguiu empate aos 47 minutos do segundo tempo

Juventude marca no último minuto e busca empate contra Atlético-GO
Foto: Divulgação/Juventude EC
Juventude
2 2
Atlético-GO
Juventude: Matheus; Felipe Mattioni, Bonfim, Fred e Pará; Bruninho, Jair, Tony e Guilherme Queiroz; Fellipe Mateus e Elias. Téc. Julinho Camargo
Atlético-GO: Léo; Alisson, Lucas Rocha, William Alves e Mascarenhas; Rômulo, Fernandes, Júlio César e João Paulo; Júnior Brandão. Téc. Tencati
Placar: 0-1, min. 13, Junior Brandão. 0-2, min. 70, Junior Brandão. 1-2, min. 80, Ricardo Jesus. 2-2, min. 90+3, Bonfim.
INCIDENCIAS: Nona rodada Da Série B do Campeonato Brasileiro 2018. Estádio Alfredo Jaconi, Caxias do Sul/RS

Apesar da noite fria na serra gaúcha, Juventude e Atlético-GO realizaram um confronto emocionante e cheio de reviravoltas, no fim, as duas equipes saíram de campo com um empate que teve sabor de vitória para os donos da casa. Júnior Brandão marcou duas vezes, deixando o Dragão com um placar confortável de 2 a 0, mas faltando 10 minutos para o fim da partida, Ricardo Jesus e Bonfim aos 48 minutos buscaram o empate para os gaúchos, em jogo válido pela nona rodada da Série B.

A primeira etapa foi marcada por poucas chances de gols. O Atlético-GO soube controlar a partida e teve absoluta posse de bola diante de um Juventude sem criatividade e opções de furar o bloqueio dos visitantes. Aos 13, em uma falha do sistema defensivo, Junior Brandão teve total liberdade na entrada da área para abrir o placar para os visitantes.

Mesmo atrás do placar, o Juventude pouco ameaçou o gol dos visitantes, na rara oportunidade criada pelos jaconeros, Ricardo Jesus recebeu na pequena área acabou parando na defesa do goleiro Léo.

O panorama se repetiu na segunda etapa, o Atlético era quem tinha o controle da partida e o segundo gol acabou saindo aos 25 minutos. eM outra falha do sistema defensivo do Juventude, novamente Junior Brandão teve toda liberdade para empurrar a bola para as redes, 2 a 0.

O jogo estava sob total controle da equipe de Goiás. Além do placar favorável, a equipe também contava com o nervosismo dos donos da casa e da impaciência da torcida que começou a vaiar seu time, além de gritar olé a cada troca de passes do Dragão. Porém o futebol resolveu aprontar das suas.

Aos 35, em um lance até despretensioso, Ricardo Jesus chutou de fora da área e descontou para o Juventude. Apesar do gol sofrido o Atlético não chegou a tomar pressão. Mas, em uma falta cometida na intermediária aos 48, o Juventude acabou lançando a bola na área na última tentativa de buscar o empate, e ele veio: Bonfim de cabeça acabou buscando o improvável empate dos donos da casa.

Com o empate, o Juventude alcança a marca de seis partidas sem derrota, porém quatro delas são empates. A equipe gaúcha ocupa momentaneamente a 12ª colocação com 11 pontos, quatro a mais que o primeiro no Z-4. Na próxima rodada a equipe enfrenta o Londrina, no Paraná, na sexta-feira (8), às 19h15.

O Atlético perde a chance de encostar no G-4 e agora ocupa a nona posição com 12 pontos. No próximo sábado (9), a equipe recebe o Figueirense, às 19h.