Valentim celebra primeira vitória por dois gols de diferença no ano: "Poderia ter sido goleada"
(Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Valentim celebra primeira vitória por dois gols de diferença no ano: "Poderia ter sido goleada"

Técnico concedeu entrevista coletiva depois do jogo contra Atlético; Clube fará pausa para a Copa do Mundo

tulio-moraes
Tulio Moraes de Sales

Em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo venceu Atlético-PR em casa por um placar de 2 a 0. Alberto Valentim, técnico do Botafogo, concedeu entrevista após a vitória do time carioca, que estava desde abril sem vencer dentro de casa.

"Vitória muito importante para a nossa classificação. Viver jogo a jogo. Fizemos 1 a 0, conseguimos controlar bem. Fizemos com que Atlético tivesse pouquíssimas chances claras. As chances perdidas no segundo tempo. Poderíamos ter saído com uma goleada, mas estão todos de parabéns. Talvez se tivéssemos feito mais um gol..."

Devido a Copa do Mundo FIFA 2018, o Campeonato Brasileiro terá uma pausa. Esse período de descanso é visto com bons olhos por Valentim: "Essa parada vai ser importante para descansar o time. Tem o lado mental e o lado emocional". 

O lateral Marcinho, bastante contestado pela torcida, principalmente pelo erro no último jogo contra o Bahia, foi substituído pelo veterano lateral Luís Ricardo na partida desta quarta-feira (13). Valentim contou sobre a opção tática:"Marcinho vinha num desgaste muito grande, e o Luís vinha muito bem nos treinos".

O que se viu no primeiro do tempo do jogo, foi um Botafogo com um bom padrão de jogo e um absoluto domínio perante o adversário, algo que não vinha acontecendo nas últimas partidas do alvinegro.

"Primeiro queríamos posicionar o nosso desenho ofensivo, mas atacar muito rapidamente como uma corrente. No segundo tempo, a ideia era que continuássemos a marcar. Sofremos um pouquinho de não recuperar a bola, mas gostei muito da equipe. Procuramos jogar, marcamos com qualidade. Vínhamos recuperando isso nos últimos jogos".

Além disso, a equipe perdeu chances claras de gol na primeira etapa da partida.

"Em algumas jogadas acho que tivemos falta de sorte, mas já falei que temos cobrado mais frieza e tranquilidade na hora de finalizar. Essa parada vai ser boa para corrigir muito isso daí. Para termos todos descansados"

Outro ponto importante é que essa foi provavelmente a última partida de Igor Rabello e Matheus Fernandes com as cores do time. As duas joias, provenientes das categorias de base do Botafogo, estão sendo fortemente especulados no mercado europeu e muitos já dão como certas suas saídas do time.

"Jogadores importantes, a gente sabe o que acontece na janela. Primeiro que, estando num time grande, já despertam o interesse, e esse jogadores vêm fazendo um campeonato excelente. Rabello jogou todos os jogos, faz gols na frente e com muita qualidade na fase defensiva. Lógico que vai chamar atenção. Falei que se pintar uma possível venda que vá ser boa para o clube e para os jogadores, a gente não tem direito de segurar".

Mais uma vez, sobre o assunto sobre a parada para a Copa, Valentim deu algumas pistas do que será feito:

"Vamos treinar tudo. São 10 dias de folga. Vamos ter 21 dias de trabalho e 27 sessões de treino". Vou voltar a massacrá-los no bom sentido na parte tática, técnica e nas fases ofensiva e defensiva".

Sobre os ajustes feitos para o duelo contra o Furacão:

"A fase ofensiva corrigimos alguns posicionamentos, dos volantes e do Léo, e dos atacantes de beirada. A gente conseguiu fazer bons jogos. O time voltou a ser forte fisicamente, voltou a ser organizado. Pegamos um campo muito bom hoje. Treinamos ontem, e eu citei aos jogadores que tínhamos de aproveitar a qualidade do nosso campo".

A entrada e Luís Ricardo no lugar de Marcinho é um dos exemplos da briga por titularidade que existe dentro do elenco carioca. Sobre isso, Valentim comentou:

"Tem que existir uma briga sadia. Você citou Luís com o Marcinho. Tem Yago com Marcelo. Tem o Gilson com o Moisés. No meio, ora entra Jean, ora entra Matheus. Isso é difícil para mim. Eu falei isso lá atrás. Na final, chegou a jogar jogador que não tinha jogado comigo".

Valentim tocou novamente no ponto das chances de gol perdidas pelo time:

"A gente precisa fazer jogos em que temos de aproveitar as oportunidades que surgirem. Para que nós joguemos com mais tranquilidade".

o técnico ainda comentou sobre as orientações para os jogadores nesse período de folga.

"O Capella (prepardor físico da equipe) passou sessões de treinos de musculação e aeróbicos para eles não virem zerados. É um treino básico para o jogador não ficar parado por muito tempo. Falei para eles: esquece o futebol. No sentido de encher a cabeça de vocês. Só façam a parte de vocês".

Esta foi a primeira vitória da equipe no ano por mais de um gol de diferença. Por isso, Valentim ressaltou a importância da vitória para a equipe.

"Vitória superimportante. Hoje conseguimos jogar bem, controlar, fazer com que o Atlético tivesse poucas chances claras. Poderia ser goleada, mas está todo mundo de parabéns. Falei no intervalo que poderíamos ter feito mais já no primeiro tempo.

Para encerrar, o técnico destacou mais uma vez a importância desse período de descanso para os atletas:

"Normal que a torcida, em jogos em casa, com adversários que estão na zona, espere a vitória. Normal. Nos dá tranquilidade. A gente vem numa batida de desgaste grande. A parada vai ser importante para dar uma desligada física e mentalmente. Vai ser importante para alguns que vinham numa batida. Marcinho vinha num desgaste. Essa parada vai ser importante para a gente".

VAVEL Logo

Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

há 3 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 16 dias
há 16 dias
há 19 dias
há 23 dias