Mesmo com baixas no elenco, Corinthians soma mais de 20 atletas emprestados
Equipe é quem mais tem atletas emprestados dentre os clubes da Série A (Foto: Daniel Augusto Jr;/Agência Corinthians)

Só neste mês de julho, o Corinthians já perdeu quatro titulares e ainda corre o risco de ficar sem Fagner, que deixou o futuro em aberto após a derrota no último sábado, contra o São Paulo.

Entretanto, apesar de ter um elenco visto como limitado, sem reposições à altura, o Corinthians tem praticamente dois times de jogadores emprestados a clubes sejam da Série A, B ou até mesmo na Europa.

Sabendo disso, a VAVEL Brasil destacou a lista dos atletas emprestados que se somam a 24 e destacou quem vem acumulando rodagem e rendendo no período longe do Timão.

Bruno Paulo (ATA) - Emprestado ao CRB até 31/12/2018;

Camacho (MEI) - Emprestado ao Atlético-PR até 31/12/2018;

Carlinhos (ATA) - Emprestado ao Oeste até 31/12/2018;

Fellipe Bastos (MEI) - Emprestado ao Sport até 31/12/2018;

Gabriel Vasconcelos (ATA) - Emprestado a Ponte Preta até 31/12/2018;

Giovanni Augusto (MEI) - Emprestado ao Vasco até 31/12/2018;

Guilherme (ATA) - Emprestado ao Atlético-PR até 31/12/2018;

Guilherme Romão (DEF) - Emprestado ao Oeste até 31/12/2018;

Gustavo (ATA) - Emprestado ao Fortaleza até 31/12/2018;

Jean (MEI) - Emprestado ao Botafogo até 31/12/2018;

Juninho Capixaba (DEF) - Emprestado ao Grêmio até 30/05/2019;

Júnior Dutra (ATA) - Emprestado ao Fluminense até 31/12/2018;

Lucca (ATA) - Emprestado ao Internacional até 31/12/2018;

Luidy (ATA) - Emprestado ao Ceará até 31/12/2018;

Marcello Deverlan (DEF) - Emprestado à Fiorentina até 30/06/2019;

Marciel (MEI) - Emprestado à Ponte Preta até 31/12/2018;

Marlone (MEI) Emprestado ao Sport até 31/12/2018;

Marquinhos (MEI) Emprestado ao Bragantino até 31/12/2018;

Moisés (DEF) Emprestado ao Botafogo até 31/12/2018;

Renan Areias (MEI) Emprestado ao Red Bull até 31/12/2018;

Rodrigo Sam (DEF) - Emprestado ao Boa Esporte até 31/12/2018;

Vinícius Dellamore (DEF) - Emprestado ao Londrina até 30/11/2018;

Warian (MEI) - Emprestado ao Atlético-GO até 31/12/2018;

Yago (DEF) - Emprestado ao Botafogo até 31/12/2018.

Dos 24 atletas, 12 deles fazem parte de equipes que estão disputando a Série A do Brasileirão enquanto que a outra metade está distribuída entre Série B, C e até D, como é o caso de Renan Areias, meio-campista promissor das categorias de base que sequer atuou em uma partida oficial pelo Corinthians e está emprestado ao Red Bull Brasil, que disputa agora na segunda metade de 2018 a Copa Paulista. 

Dentre os emprestados, oito são atacantes, posição em que o Corinthians contratou duas vezes nesta janela de transferências, trazendo Roger e Jonathas (emprestado). Além dos atacantes, nove dos emprestados são meio-campistas e mais sete defensores.

Aproveitando o período longe do Timão

Contudo, o atleta que vem se destacando em seu período emprestado, é o atacante Gustavo. Contratado em 2017, vindo do Criciúma, o atacante não agradou quando atuou pela equipe alvinegra. Em seguida, passou por Bahia e depois foi novamente emprestado ao Fortaleza, onde vem se destacando.

(Foto: Divulgação/Fortaleza EC)

Só nesta temporada, sob o comando de Rogério Ceni, o atacante já balançou as redes em 22 oportunidades, sendo 16 no Campeonato Cearense e outros seis na Série B, nos 11 jogos em que atuou.

No Corinthians, o artilheiro da temporada era Rodriguinho, que deixou a equipe rumo ao Egito. O camisa 26 saiu com 11 gols neste ano, sendo o artilheiro do Timão no Paulista com quatro gols, cinco no Campeonato Paulista e um na Libertadores. 

Tal comparação, visto que Rodriguinho é um meio-campista e Gustavo um centroavante se dá por conta da formação que o Corinthians jogava até o meio do ano. O 4-2-4 imposto por Fábio Carille deixou o jogador como o mais adiantado na equipe.

Agora, com a chegada de Osmar Loss e de Roger e Jonathas, dois atacantes de área, a equipe ainda segue escassa no ataque. O camisa 9 balançou as redes apenas duas vezes em dez jogos, enquanto que Jonathas só veio estrear no último sábado, onde marcou o único gol do Corinthians na derrota de 3 a 1 contra o São Paulo.

Em suma, apesar de não ter grande poder aquisitivo para fazer contratações que reponha à altura dos titulares que deixaram a equipe, um olhar mais crítico para os atletas emprestados é válido, visto que pode ser uma solução rentável para a equipe alvinegra que vem tropeçando no Campeonato Brasileiro e enfrentando dificuldades para encontrar o futebol que trouxe vitórias à torcida nos últimos anos.

VAVEL Logo