Em jogo de cinco gols, Flamengo bate Fluminense no Brasileiro Sub-20

Rubro-Negro aproveita jogadas de contra-ataque e supera o Tricolor por 3 a 2, em Los Larios

Em jogo de cinco gols, Flamengo bate Fluminense no Brasileiro Sub-20
Foto: Maílson Santana/FFC
Fluminense
2 3
Flamengo
Fluminense: Pedro Paulo; Diogo, Alex, Geovani, César (Marcos Paulo); Resende, Caio, João Vitor (Gabriel Capixaba), Carlinhos; Lucas (Macula), Dudu (Samuel). Técnico: Leo Percovich
Flamengo: Hugo Souza; Klebinho, Dantas, Rafael Santos, Michael; Hugo Moura, Vinicius Souza; Bill, Reinier, Wendel; Vitor Gabriel. Técnico: Márcio Torres
Placar: 0-1, min. 4/1°T, Klebinho. 0-2, min. 2/2°T, Wendel. 1-2, min. 24/2°T, Caio. 1-3, min. 35/2°T, Reinier. 2-3, min. 40/2°T, Leandro.
ÁRBITRO: Alexandre Vargas Tavares de Jesus
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro Sub-20, disputada em Los Larios, Xérem (RJ).

Pelo clássico da base no Campeonato Brasileiro Sub-20, Fluminense e Flamengo protagonizaram um jogo digno dos confrontos históricos entre as equipes. Em Los Larios, o Rubro-Negro venceu por 3 a 2 o Tricolor, e saiu na frente no Grupo F da competição. Klebinho, Wendel e Reinier marcaram para os "Garotos do Ninho", enquanto Caio e Leandro descontaram para os "Meninos de Xerém".

A partida marcava a estreia dos times na segunda fase do torneio, onde ambos se encontraram na 1ª rodada do grupo, que também é formado por Vasco e Coritiba. Em campo, a intensidade fez parte do início ao fim do duelo. Logo aos quatro minutos da primeira etapa, Klebinho abriu o placar da partida para o Rubro-Negro, após bela jogada de Wendel, que terminou em passa para infiltração do lateral-direito.

O tempo inicial se manteve em alto nível de disputa, com as equipes seguindo criando chances na partida. O Fluminense incomodou seu adversário aos 27, em falta cobrada por Carlinhos, que terminou em boa defesa de Hugo Souza. Já o Flamengo teve melhores chances de jogo especialmente pelo lado direito, com as frequentes chegadas do autor do primeiro gol da partida, responsável por deixar sua equipe em vantagem até o final da primeira etapa.

Veio então o segundo tempo, e com ele, mas emoção ainda no confronto. Novamente, o Flamengo pôs em prática a estratégia de pressionar no início, e colheu frutos. Desta vez, Wendel participou como artilheiro, recebendo passe de Vinicius Souza, para aumentar a vantagem de sua equipe na partida, logo aos 2 minutos.

O novo gol deu tranquilidade ao Flamengo, que passou a administrar a partida e também deixar a bola em mais oportunidades com seu adversário, algo que não se deve fazer num clássico. A conta demorou, mas chegou: aos 24 minutos, em jogada de bola aérea, Caio subiu mais que Dantas e cabeceou para o fundo das redes, sem chances para Hugo Souza. 

O tento deu ares de esperança à reação tricolor, que, no entanto, logo foi pausada por Reinier. Dez minutos depois, a equipe de Xerém foi surpreendida por rápido contra-ataque, que resultou no gol da promessa rubro-negra, de apenas 16 anos. 

O fim da partida ainda traria momentos de tensão ao espectador. Aos 40 minutos, o Fluminense diminuiu em belo gol de Leandro, após jogada de Juninho Capixaba pela esquerda. Nos acréscimos, o Tricolor pressionou e chegou perto do gol de empate com Samuel, que chutou cruzado após receber de Leandro, porém, a bola passou rente ao gol de Hugo Souza. Sendo assim, o Flamengo saiu de Los Larios com a vitória por 3 a 2 sobre o Fluminense, conquistando os primeiros 3 pontos do Grupo F.

Na próxima rodada, o Rubro-Negro recebe o Coritiba, nesta quarta-feira (15), às 15h. Já o Tricolor enfrenta o Vasco da Gama, em São Januário, às 17h.