Após goleada, Renato diz que Grêmio segue vivo na disputa pelo título do Brasileiro

Técnico afirmou, mais uma vez, que a sua equipe não abandonou a competição nacional após vitória por 4 a 0 diante do Botafogo

Após goleada, Renato diz que Grêmio segue vivo na disputa pelo título do Brasileiro
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio presentou os seus torcedores na tarde chuvosa deste sábado (31) com uma goleada de 4 a 0 em cima do Botafogo. Os mais de 16 mil gremistas que estavam na Arena viram o Tricolor Gaúcho marcar com Jael (duas vezes), com Alisson e com André. A partida foi válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva, o técnico Renato Portaluppi elogiou sua equipe não apenas pela atuação brilhante de hoje, que mantém o Grêmio no páreo da competição nacional, mas, também, por não terem relaxado após a classificação para as quartas de final da Libertadores da América.

"O Grêmio nunca deixou de brigar, nunca deixou o Brasileiro de lado. O objetivo era hoje conseguir mais três pontos para continuar lá na frente. Conseguimos e estamos de parabéns. Depois da atuação de terça-feira, às vezes, a equipe relaxa. Foram essas duas ou três conversas que tivemos com eles, que não poderíamos relaxar por causa da classificação. Era importante a vitória para continuar brigando pelo Brasileiro e voltar para o G-4. Vamos ver o que acontece nas outras partidas, mas o importante é que vencemos", declarou Portaluppi.

Renato também falou sobre a disputa por posição entre os centravantes Jael e André. "Não tem titular, temos os 11 que vão começar a próxima partida. Quem se escala é o jogador. Tem que dar conta do recado quando é chamado. Tem que se entregar, procurar fazer o que treina na semana, o que a gente pede para os jogadores. Importante que o André recuperou a autoestima, fez um gol. É importante o jogador voltar a ter a confiança. Os dois estão bem. Confio nos dois. Qualquer um que jogar não vai ter problema algum", afirmou o treinador.

Portaluppi ainda revelou seu planejamento para os quatro jogos do Brasileirão até o jogo contra o Atlético Tucumán, pela Libertadores.

"Quem estiver bem vai jogar. A não ser que um jogador tenha algum problema, o que acontece no futebol. O Maicon teve problema hoje, o Grohe teve febre a madrugada toda, mas a ideia é colocar o tanque cheio. Será força máxima desde que o jogador esteja bem", garantiu Renato.

Porém, nem tudo foi alegria na manifestação do treinador. Renato voltou a reclamar das condições do gramado da Arena que, com a forte chuva, apresentou muitas poças d'água ao longo da partida.

"Alguma coisa está errada e deve ser feita porque daqui a pouco a gente vai tropeçar em casa pelas condições do gramado. Podemos perder uma grande chance de vencer uma partida em casa, até mesmo decisiva pela Libertadores. É com a diretoria. Eu nunca vi a Arena desse jeito. Cabe a diretoria tomar as providências. Estamos alertando porque podemos ter um problema mais sério", cobrou Renato.

A vitória recolocou o Grêmio no G-4, com 40 pontos. Mas, o Tricolor pode perder a posição ao fim da rodada, já que o Palmeiras pode retomar seu lugar se vencer a Chapecoense, na Arena Condá, neste domingo (2).