Internacional vence Flamengo e assume a liderança do Brasileirão
(Foto: Divulgação/Internacional)

Internacional vence Flamengo e assume a liderança do Brasileirão

Com gols de Pottker e Rodrigo Dourado, o Inter venceu a equipe Rubro-negra e assumiu a ponta do campeonato; Vitinho marcou o único gol do Fla, seu primeiro pelo time do Rio

lchagas
Leandro Chagas
InternacionalMarcelo Lomba, Zeca (Fabiano), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Iago, Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Nico López (Leandro Damião), William Pottker e Jonatan Álvez (D'Alessandro). TÉC: Odair Hellmann
FlamengoDiego Alves, Pará, Léo Duarte, Rhodolfo, Renê, Piris da Motta (Willian Arão), Rômulo, Éverton Ribeiro, Marlos Moreno (Matheus Sávio), Lincoln(Uribe) e Vitinho. TÉC: Maurício Barbieri
Placar1-0, MIN. 06 - 1° TEMPO, WILLIAM POTTKER, 1-1, MIN. 11 - 2° TEMPO, VITINHO, 2-1, MIN. 13 - 2° TEMPO, RODRIGO DOURADO
ÁRBITRORicardo Marques Ribeiro, CARTÕES AMARELO: Piris da Motta (FLAMENGO), Victor Cuesta, Jonatan DAlvez) e Marcelo Lomba (INTERNACIONAL)
INCIDENCIASPARTIDA VÁLIDA PELA 23° RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO. DISPUTADA NO ESTÁDIO BEIRA-RIO, NO RIO GRANDE DO SUL

O torcedor colorado viveu uma noite mágica nesta quarta-feira (05). No Beira-Rio, a equipe do Sul bateu o Flamengo por 2 a 1, assumindo liderança do Campeonato Brasileiro, ultrapassando o São Paulo, que foi derrotado pelo Atlético-MG.

Jogando em casa, o Internacional começou dominando a partida, enquanto o Flamengo, com muitos desfalques, se mostrou bastante nervoso, com muita dificuldade na saída de bola.

Logo aos cinco minutos, o Inter aproveitou uma desatenção na zaga rubro-negra, para abrir o placar. Edenílson lançou da intermediária para William Pottker, que ganhou de Léo Duarte num bate-rebate, pegando a sobra, matando no peito, antes de mandar a bola para o fundo do gol.

+ Confira ofertas do nosso parceiro FutFanatics

Após o gol sofrido, o Flamengo passou a equilibrar as ações, assustando a equipe colorada em duas oportunidades.

Primeiro, aos 20 minutos Vitinho encontrou Pará passando livre pela direita. O lateral fez um ótimo cruzamento para Marlos Moreno, que de cabeça, mandou a bola em cima do goleiro Marcelo Lomba, que espalmou para escanteio.

Aos 23, a mesma jogada se repetiu. Cruzamento de Pará e cabeçada de Marlos, para mais uma boa defesa de Lomba, que pulou no canto esquerdo mandando mais uma vez para escanteio.

Depois disso, as duas equipes trocaram passes no meio de campo, buscando a melhor jogada e algumas vezes tentando o jogo aéreo, sem muita efetividade para ambos os lados.

Vitinho fez  boa jogada aos 37, se livrando na marcação e cruzando rasteiro na área, mas Víctor Cuesta, atento na primeira trave, chegou afastando no último lance de perigo da primeira etapa.

Segundo tempo movimentado

O Inter voltou bem para o segundo tempo, e aos quatro minutos, Nico López quase aumentou o placar. Rodrigo Dourado lançou do meio de campo e o atacante uruguaio tentou de cobertura, mas acabou mandando por cima do gol.

Logo em seguida, aos cinco, a equipe da casa assustou o Flamengo mais uma vez. Zeca avançou pela direita e cruzou a bola, que passou por todo mundo antes de chegar para Patrick, no segundo pau. O volante dominou e bateu firme para o gol, para a boa defesa de Diego Alves.

Apesar do melhor momento da equipe colorada na partida, a time do Rio conseguiu empatar o jogo. Arão, que havia entrado no lugar de Piris da Motta, punido com cartão amarelo, dispara parou pela direita e tocou para Éverton Ribeiro. O camisa 7 tocou de primeira para Vitinho, que livre, arriscou de longe acertando uma pancada que explodiu no travessão, antes de quicar dentro do gol.

Não deu nem tempo para o Fla comemorar o gol do seu principal reforço na temporada, já que no lance seguinte, a equipe colorada voltou a ficar na frente do placar.

Nico López cobrou um escanteio na marca do pênalti, e o capitão Rodrigo Dourado, subiu mais alto que Léo Duarte, acertando uma cabeçada fortíssima sem chances para o arqueiro rubro-negro.

Após o segundo gol, o Inter quase ampliou o placar aos 18 minutos, quando Pottker fez boa jogada e tocou para Edenílson, que chegava livre na área. O volante driblou dois marcadores, mas acabou demorando para finalizar, forçando a jogada e caindo dentro da área. O árbitro não marcou nada e mandou o jogo seguir.

Já aos 36, o meia D'Alessandro, que entrou no lugar de Jonatan Álvez para cadenciar a partida, foi derrubado por Arão perto da linha de fundo. Na cobrança, o argentino levantou na área para Patrick, que subiu de cabeça ganhando de Diego Alves, mas mandando a bola para fora.

No final, o Flamengo foi com tudo em busca do empate. Em jogada rápida, Arão achou Uribe que só ajeitou para Matheus Sávio na entrada da área. O meia-atacante que entrou no lugar do colombiano Marlos Moreno, invadiu a área e, da marca do pênalti, finalizou em cima de Lomba, que afastou a bola com os pés.

Com a importante vitória no confronto direto, o Inter chegou a liderança do campeonato pela primeira vez. De quebra, afastou ainda mais a equipe carioca, que com a derrota, caiu para a quarta colocação, sendo ultrapassada pelo Palmeiras, que bateu o Atlético Paranaense por 2 a 0.

Na próxima rodada, o novo líder enfrentará o Grêmio, seu maior rival. O jogo acontecerá no domingo (09), às 16h, no Beira-Rio.

Já o Flamengo, vivendo um dos momentos mais difíceis na temporada, enfrenta a Chapecoense no sábado (08), às 21h, no Maracanã.

VAVEL Logo

    Sport Club Internacional Notícias

    há 6 dias
    há 16 dias
    há 16 dias
    há 17 dias
    há 17 dias
    há 21 dias
    há 21 dias
    há 21 dias
    há 21 dias
    há um mês