Atlético-MG vence Atlético-PR de virada e sobe na tabela do Brasileirão

Time mineiro mostra raça e sobe para quinto lugar do campeonato

Atlético-MG vence Atlético-PR de virada e sobe na tabela do Brasileirão
Foto: Divulgação/ Atlético-MG
Atlético-MG
3 1
Atlético-PR
Atlético-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adilson (José Welison), Matheus Galdezani (Elias), Cazares e Tomás Andrade (Terans); Luan e Ricardo Oliveira Técnico: Thiago Larghi
Atlético-PR: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Bruno Guimarães (Bergson), Lucho González (Matheus Rossetto), Nikão e Raphael Veiga; Marcinho (Rony) e Pablo. Técnico: Tiago Nunes.
Placar: 0-1, min. 9, Maidana. 1-1, min. 25, Leonardo Silva. 2-1, min. 66, Elias. 3-1, min. 81, Ricardo oliveira.
ÁRBITRO: Luiz Flávio de Oliveira (SP) Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Tatiane dos Santos (SP)
INCIDENCIAS: Partida válida pela vigésima quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série. Disputada no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Com gols dos experientes Leonardo Silva, Elias e Ricardo Oliveira, o Atlético-MG venceu por 3 a 1 o xará paranaense de virada e subiu na tabela da Série A. Com a segunda vitória seguida na competição, assumiu o quinto lugar da competição, se firmando ainda mais entre aqueles que estão na zona de classificação da Libertadores. Já o Furacão amargou a segunda derrota seguida e está a três pontos do Z-4.

Apesar de ter começado pressionando, buscando jogadas pelos lados do campo, o Galo começou perdendo a partida no Independência. Após cobrança de escanteio e disputa na pequena área, Maidana mandou contra a meta de Victor, marcando a favor do adversário Atlético-PR. O Alvinegro partiu para o ataque. E equipe mineira respondeu tentando o empate rapidamente. O Galo se mandou, mas era pouco criativo no momento de finalizar a jogada. Por fim, se mostrava um time burocrático. Aos 13 minutos, após escanteio, Tomás Andrade pegou o rebote e levou bastante perigo.O time mineiro não desanimou e; apesar de sofrer com alguns contra-ataques do Furacão, chegou ao empate com Leonardo Silva, de cabeça, após cruzamento de Tomás Andrade.

Na etapa complementar, a pressão alvinegra passou a surtir efeito, apesar de alguns sustos na segunda etapa. A equipe mineira conseguiu a virada com gols de Elias, que entrara na segunda etapa no lugar de Galdezani. Ricardo Oliveira, que encerrou o jejum de gols de sete partidas com a camisa alvinegra, ampliou o placar ao receber um belo passe de Cazares. O time paranaense acertou ainda duas vezes a trave do goleiro Victor, mas não conseguiu diminuir. Nos minutos finais, o atacante Nikão ainda foi expulso por causa de um carrinho em José Welison.

O Atlético-MG se prepara agora para enfrentar o clássico contra o Cruzeiro, no domingo, no Mineirão, às 16h. Já o Atlético-PR recebe o Fluminense, no mesmo dia e horário, na Arena da Baixada.