Cruzeiro marca, mas Boca Juniors empata e avança às semifinais da Libertadores   

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Cruzeiro marca, mas Boca Juniors empata e avança às semifinais da Libertadores   

Time mineiro lutou até o final mas não conseguiu vencer os argentinos no Mineirão

bethaniaq
Bethânia Quiareli

O Cruzeiro não conseguiu vencer o Boca Juniors em casa e acabou sendo eliminado da Libertadores, já que havia perdido na Argentina por 2 a 0 e com o  empate por 1 a 1,os hermanos se classificaram. Com o empate dessa noite, foi a terceira vez seguida eliminado nas quartas de final, a Raposa que não consegue avançar à semifinal desde 2009, quando perdeu a final para o Estudiantes naquela edição.

O time celeste precisava vencer no Mineirão por três gols de diferença para não levar aos pênaltis e conseguir se classificar direto. Porém com o empate em 1 a 1 acabou classificando os argentinos, que agora enfrenta o Palmeiras, nas semifinais do torneio continental.

O segundo jogo das quartas de finais foi tão polemico quanto o primeiro, a torcida d Cruzeiro ficou indignada com a arbitragem novamente, a expulsão do Dedé não foi esquecida, e novamente o zagueiro foi expulso do jogo após receber o segundo cartão amarelo.

Antes da expulsão do zagueiro, o time celeste tinha marcado um gol pelo próprio que foi anulado ainda no primeiro tempo de jogo, deixando todos nervosos em campo. No inicio do segundo tempo Arrascaeta entrou na área após escorada de Barcos e foi derrubado, o juiz chegou a marcar um pênalti, mas depois voltou atrás na decisão e deu impedimento de Barcos no início do lance.

A esperança cruzeirense ressurgiu no inicio do segundo tempo com a entrada de Sassá, no seu primeiro toque na bola marcou o gol depois do Arrascaeta cobrar o escanteio e Léo desviar e Sassá, na entrada da pequena área coloca de perna esquerda para as redes.

Porem no finalzinho, aos 48 minutos do segundo tempo, Gago cobrou falta e Ábila, ex cruzeiro, desvia de peito e Léo falha, Pavón não perdoa, finaliza com muita violência e coloca o Boca nas semifinais da Libertadores. 

VAVEL Logo