Em jogo morno, Brasil de Pelotas vence Boa Esporte e garante permanência na Série B
Foto: @GEBrasilOficial

Em jogo morno, Brasil de Pelotas vence Boa Esporte e garante permanência na Série B

Com a vitória sobre o já rebaixado Boa Esporte fora de casa o Brasil de Pelotas não corre mais nenhum risco de rebaixamento, com 46 pontos o time gaúcho subiu para 11º lugar na classificação.

danrleypascoal
Danrley Pascoal
Boa EsporteIgor; Bruno; Caique; Cloves (Aldo); William Barbio; Djavan; Kaio Cristian; Machado (Daniel Cruz); Thallyson (Gabriel Arantes); Alyson; Luan Técnico: Tuca Guimarães
Brasil de PelotasMarcelo Pitol; Éder Sciola; Leandro Camilo; Heverton; Alex Ruan; Leandro Leite; Itaqui Welinton Junior (Léo Bahia); Lourency; Diego Miranda (Sousa); Wallace Pernambucano (Michel) Técnico: Rogério Zimmermann
Placar0-1, min. 15,Welinton Júnior.

Em jogo que pouco valia para a tabela de classificação da série B, Boa Esporte e Brasil de Pelotas pouco criaram e venceu quem tinha mais qualidade no ataque.

O Jogo começou com o Brasil tomando as ações ofensivas, aos sete minutos Itaqui soltou um forte chute da entrada da área, Igor falhou, a bola bateu no travessão e caiu nos pés de Diego Miranda. Mas Igor saiu bem e defendeu com o peito. Aos oito o Boa respondeu com Bruno Tubarão que recebeu de Barbio e chutou cruzado à direita da meta de Pitol. Com mais poder e qualidade na frente o Brasil levava mais perigo e quando o placar marcava 15 minutos saiu o gol da vitória do time de Pelotas. Itaqui interceptou o passe do Boa na intermediária de defesa, lançou na medida para Welinton Júnior, o atacante deu um chapéu no goleiro e tocou de cabeça para o gol! Mudando o placar da partida, deixando 1 a 0 para o Brasil contra o Boa Esporte.

O Brasil controlava bem a partida e não dava chances para o Boa, que via o goleiro Igor fazer boas intervenções impedido o segundo gol do time visitante, até o final do primeiro tempo o Brasil de Pelotas chegou mais duas vezes, ambas com boas defesas do goleiro. A primeira aos 18 minutos Éder Sciola fez o cruzamento perfeito da direita, Welinton Júnior cabeceou para defesa de Igor, já aos 42' Diego Miranda finalizou da entrada da área no canto, e o goleiro defendeu mais uma vez, o primeiro tempo terminou 1 a 0 para o Brasil de Pelotas fora de casa contra o Boa Esporte já rebaixado.

No segundo tempo o Boa tentou criar mais situações de gol, logo aos cinco minutos Bruno Tubarão passou por cima da marcação do Brasil pelo lado esquerdo e tentou o toque cruzado. Mas Pitol saiu bem com as pernas e jogou para escanteio. Depois dos 10 minutos iniciais, o Boa perdeu o ímpeto do início do segundo tempo e o Brasil passou a controlar o jogo, mas, o Boa ainda conseguiu uma última chance de empatar a partida, aos 18 minutos William Barbio deu um belo passe para Daniel Cruz, que dominou na frente do gol e tocou no canto. A bola bateu na trave do goleiro Marcelo Pitol.

Após a bola trave o jogo ficou morno o Brasil não se arriscava no ataque e o Boa era parado por suas limitações técnicas. Já aos 35 minutos o Brasil de Pelotas teve sua grande chance de matar o jogo. Léo Bahia passou pela marcação tocou para o meio, Lourency pegou a sobra e chutou forte e de novo Igor evitou o gol do time gaúcho. Sem criatividade para jogadas de perigo os times pouco fizeram até o apito final, o jogo terminou com o placar mínimo de 1 a 0 para o Brasil.

VAVEL Logo

Serie B Notícias

há 4 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 11 dias
há 14 dias
há 14 dias
há 14 dias
há 15 dias
há 15 dias