Levir aprova estreia do Atlético-MG na Libertadores: "Não faltou empenho"
Foto: Bruno Cantini/ Atlético

Levir aprova estreia do Atlético-MG na Libertadores: "Não faltou empenho"

Mesmo estando na frente do placar por duas vezes, o Atlético-MG empatou contra o Danubio fora de casa

bethaniaq
Bethânia Quiareli

O Atlético-MG começou a sua campanha na Libertadores com um empate fora de casa contra o Danubio, do Uruguai. O Galo saiu a frente no placar com Ricardo Oliveira, mas acabou cedendo o empate.

Para Levir o empate não foi um mal começo, o adversário mostrou uma equipe consciente e o goleiro foi o "salvador" da equipe uruguaia. 

"Durante o jogo, eu vi a equipe do Danubio bem articulada, bem armada, uma boa equipe. Fizemos boas jogadas. Não seria um exagero dizer que o goleiro deles salvou a pátria, fez umas quatro ou cinco defesas que não sei como. O Victor também esteve bem. Foi um jogo bacana, interessante. Saímos com uma vantagem para jogar em casa. Agora, o jogo vai ser com nossa torcida. Aí é aquele espírito nosso de Libertadores. Não faltou empenho de ninguém, alguns ainda sentem a parte física. Todos procuraram fazer o melhor e foi um bom resultado", afirmou Levir.

Mesmo sabendo que o empate fora de casa é um bom resultado, o treinador do Galo mostrou estar um pouco preocupado com a competição e afirmou que precisa evoluir para que não ocorra nenhuma surpresa.

"Jogando assim, a gente não consegue vencer a Libertadores. Todo mundo é consciente disso. Ainda temos muita coisa pela frente", frisou.

O comandante do time mineiro ainda ressaltou a estrutura de seu time, tendo bons investimentos e podendo fazer boas contratações, diferente do Danubio, que aposta nos jovens. 

"O interessante no futebol é isso. Ninguém tem certeza de nada. Convicção a gente tem, mas não tem certeza. O que deu para perceber é que o Danubio tem uma equipe equilibrada, tem jogadores jovens, e é uma vantagem, porque os jogadores fisicamente estão firmes. Eles correram muito. Nosso time correu menos do que eles, mas produzimos e tivemos chances para vencer a partida. Não há o que lamentar. Temos coisas para melhorar, coisas para fazer, temos que evoluir mais do que isso. Temos que jogar melhor, mas podemos fazer isso." Finalizou Levir

VAVEL Logo