Santa Cruz e Náutico fazem o clássico mais valioso dos últimos tempos
(Foto: Divulgação/ Santa Cruz)

Santa Cruz e Náutico fazem o clássico mais valioso dos últimos tempos

Quem vencer de Santa Cruz e Náutico garante boa receita para a temporada

zeca5
Zeca Lemos

Faz muito tempo que não se vê um Clássico das Emoções tão importante quanto o desta quarta (20), válido pela segunda fase da Copa do Brasil, às 21h30 no Arruda. Santa Cruz e Náutico duelam por mais que uma vaga na próxima fase do torneio nacional. Os times buscam a bonificação financeira da classificação para equilibrar suas receitas. O triunfo vale a premiação de R$ 1,4 milhão.

Santa vê vitória como prioridade

O jogo é tratado como prioridade pelo Santa Cruz. Discurso proferido não apenas pela diretoria coral, mas pelo treinador Leston Júnior. "Três pontos no futebol nunca consegui responder quanto vale. É muito mais que a premiação. Vale potencializar a marca do clube, credibilidade do trabalho e felicidade do torcedor, que é alago impagável".

O artilheiro do Santa na temporada, Elias, cumpre suspensão pelo cartão vermelho contra o Sinop. Quem também não deve jogar é Ricardo Ernesto, que sente dores na coxa direita. O Atacante Pipico retorna após cumprir suspensão.

Náutico busca repetir campanha do ano passado

O Timbu tem a campanha do ano passado como exemplo a seguir na Copa do Brasil, quando chegou à quarta fase e faturou R$ 4 milhões. "Na Série C praticamente não existe nenhuma receita. Então essas fases na Copa do Brasil nos deram uma tranquilidade maior ano passado. O nosso pensamento é tentar repetir isso", afirma Edno Melo, presidente alvirrubro.

No time que joga hoje, o centroavante Wallace Pernambucano se recuperou das dores e está à disposição. O mvolante Josa também está liberado para jogar.

 

VAVEL Logo