Mesmo desfalcado, Avaí passa fácil pelo Metropolitano e cola
na liderança do Catarinense
Foto: Divulgação/CA Metropolitano

Mesmo desfalcado, Avaí passa fácil pelo Metropolitano e cola na liderança do Catarinense

Artilheiro do time, Daniel Amorim marcou dois e Gegê completou a vitória avaiana em Blumenau

bruno-da-silva
Bruno da Silva

Sem muitos problemas, o Avaí venceu o Metropolitano fora de casa e manteve a boa fase no Campeonato Catarinense. Mesmo com muitos desfalques, o Leão venceu por 3 a 0 graças a dois do artilheiro Daniel Amorim e um de Gegê, no Estádio do Sesi, em Blumenau, neste sábado (23). O jogo, válido pela primeira rodada do returno do Estadual, marcou as estreias do zagueiro Ricardo e do atacante Brizuela no time do técnico Geninho.

Não demorou muito para que o Avaí abrisse o placar no Sesi. Logo aos cinco, Iury fez jogada pela esquerda, rolou para dentro da área e João Paulo bateu cruzado. Daniel Amorim apareceu no meio do caminho e tocou com categoria para marcar: 1 a 0.

No restante da primeira etapa, o Avaí foi melhor, mas não teve o ímpeto para ampliar a vantagem. Brizuela fez um bom primeiro, e deu grande assistência aos 23, mas Daniel Amorim perdeu a chance. Matheus Barbosa, Gegê e João Paulo tiveram boas chances, porém erraram o alvo. Pelo lado do Metropolitano, as limitações técnicas e o nervosismo foram fatores cruciais para a atuação ruim. Ari Moura, aos 30, e Pirambu, aos 33, chegaram a assustar o goleiro Glédson, no entanto, não conseguiram acertar o alvo.

Já muito desfalcado, o Avaí teve que improvisar mais uma vez na volta do intervalo, já que Iury saiu machucado e o volante Marcinho teve que entrar na lateral. Mesmo assim, o time não correu grandes riscos. Apesar de algumas tentativas e alterações do técnico Isaque Pereira, o Metropolitano pouco assustou antes de tomar o segundo gol. Aos 22, Gegê cruzou da esquerda e Daniel Amorim, mais uma vez apareceu, cabeceando no canto e ampliando a vantagem avaiana em Blumenau.

Só aí o Metropolitano conseguiu algumas ocasiões. Aos 25, Schmöller chutou de longe, Glédson espalmou para frente e Pirambu finalizou cara a cara no rebote, mas o goleiro do Avaí se recuperou e evitou o gol do Metrô. Cinco minutos depois, Araújo bateu falta lateral e mandou no ângulo, exigindo nova defesa do arqueiro avaiano.

Mas a pior defesa do Estadual acabou concedendo mais um. Aos 43, Gegê recebeu de Daniel Amorim na entrada da área, arriscou um chutaço de fora da área e sacramentou a vitória do Leão: 3 a 0. Foi o 17º gol marcado pelo Avaí, melhor ataque do Catarinense, enquanto o Metropolitano chegou a 23 gols sofridos em 10 partidas.

O Avaí sobe aos 17 pontos, encostando em Figueirense e Chapecoense, que lideram o Catarinense com 18, com um jogo a menos. O Metropolitano é o vice-lanterna, com seis.

Os dois times têm a Chapecoense como próxima adversária. O Avaí enfrenta a Chape em jogo atrasado pela nona rodada na quarta-feira (27), na Ressacada, às 21h30. Pela 11ª rodada, o Metrô viaja até Chapecó, para jogar na Arena Condá no sábado (2/3), às 19h.

VAVEL Logo