Claudinei Oliveira assume culpa por derrota contra Marcílio Dias: "Não vamos arrumar desculpas"
Treinador pontuou principais erros da equipe (Foto: Marcio Cunha/Chapecoense)

Claudinei Oliveira assume culpa por derrota contra Marcílio Dias: "Não vamos arrumar desculpas"

Chapecoense foi surpreendida em Itajaí e perdeu primeira partida em 2019

beatrizfabbri
Beatriz Fabbri

A Chapecoense acabou perdendo diante do Marcílio Dias pela 10ª rodada do Campeonato Catarinense, a primeira derrota do time no ano, dias após cair na primeira fase da Copa Sul-Americana. O time de Itajaí, considerado a surpresa do campeonato, ocupa o quarto lugar na tabela, venceu por 2 a 0 no Hercílio Luz neste domingo (24).  

O técnico do time de Chapecó, Claudinei Oliveira, não poupou elogios para o time rival e admitiu os principais erros de desempenho do time verde.

"Não podemos tirar o mérito do Marcílio Dias. A gente demorou a entender o jogo que tínhamos que jogar. Fiz o trabalho pré-jogo de passes curtos, jogar entre linhas, mas com o gramado alto tivemos dificuldade. Faltou profundidade no primeiro tempo, corrigimos para o segundo tempo, demos espaço, porque precisava buscar o empate. Demoramos até a parada técnica para entender que era um jogo de profundidade. O Marcílio fez um encaixe individual de marcação. O Marcílio foi superior o primeiro tempo. Que pese, no gol deles estávamos com a bola dominada, foi um erro de passe, mas não tira o mérito deles, estão fazendo um grande campeonato. Não vamos arrumar desculpas, mas sim alternativas para vencer os jogos", afirmou o treinador.

O comandante agora foca as forças e energias no próximo rival, o Avaí, confronto que pode mudar a tabela já que somente um ponto de diferença os separa.

"Ver o que errou e fazer um jogo de inteligência contra o Avaí. Espero que algum dos jogadores que ficaram possam ajudar. Quando entram os meninos, eu falo que a responsabilidade é minha, não vamos jogar em cima deles. Fizeram o melhor que puderam.. Tem que entrar, mas com sustentação dos outros para desenvolver o trabalho. Esperamos ter um pouco mais de experiência para mudar o jogo, não só a qualidade que esses garotos tem. Não vamos dar desculpa. O Marcílio venceu, é falar menos e trabalhar mais. Fazer um jogo de inteligência contra o Avaí, saber entender o jogo, saber como eles vêm, e esperar que algum dos jogadores que ficaram possam nos ajudar", ressaltou o treinador.

O jogo contra o Avaí acontece na quarta-feira (27), às 20h, pela nona rodada, já que o jogo foi adiado por datas de outras competições. 

VAVEL Logo