Chapecoense cai para Marcílio Dias e perde primeira no Catarinense
(Foto: Bruno Golembiewski/Marcílio Dias)

Chapecoense cai para Marcílio Dias e perde primeira no Catarinense

Chape conheceu primeira derrota do ano e estacionou na segunda posição do estadual

carlos-borges
Carlos Borges

Marcílio Dias e Chapecoense se enfrentaram pela décima rodada do Campeonato Catarinense, neste domingo (24), no Estádio Hercílio Luz. O Marinheiro derrotou a Chape por 2 a 0, com gols de Juninho Tardelli e Wellington Melo, e entrou na zona de classificação para a semifinal da competição.

Ambas equipes tiveram chances de marcar no primeiro tempo. Quem criou a primeira oportunidade de gol foi o Marcílio Dias. Aos 5 minutos, Jean Dias recebeu na intermediária e finalizou. A bola chegou a quicar no gramado, mas João Ricardo defendeu. Na sequência, Anderson Ligeiro recebeu na esquerda, invadiu a área, finalizou com o pé direito, porém sem força. O goleiro da Chape defendeu com facilidade. Aos 9 foi a vez da Chapecoense assustar. Márcio Araújo recebeu perto da área, chutou com força e a bola explodiu no travessão.

O Marinheiro chegou mais uma vez com perigo somente aos 23 minutos. Após a defesa da Chapecoense afastar mal, Juninho Tardelli aproveitou o vacilo e finalizou de primeira. A bola passou perto do gol do Verdão. O primeiro gol saiu aos 35, com Tardelli. Jean Dias recebeu na linha de fundo, cruzou para o meio da área e o meio-campista, sem marcação, mandou para o fundo das redes. Aos 39, Tardelli teve a chance de ampliar, mas desperdiçou. Luiz Renan lançou e encontrou o jogador sozinho na área. O meia pegou mal na bola e finalizou sem força.

A segunda etapa foi menos intensa e não teve muitas oportunidades de gol. Aos 17 minutos, Yann recebeu na frente do gol e finalizou, mas mandou para fora. Com um jogo amarrado e parado por excessos de faltas, o árbitro, Bráulio da Silva Machado, acrescentou seis minutos.

Nos acréscimos, Perotti recebeu cruzamento e cabeceou no canto, mas Tom se esticou inteiro e evitou o empate da Chapecoense. No rebote, Rafael Pereira finalizou, porém, mais uma vez, o goleiro defendeu. No contra-ataque, Luanderson lançou para Wellington Melo, que avançou e finalizou entre as pernas de João Ricardo, para decretar a vitória do Marinheiro.

Com a vitória, o Rubro-Anil chegou a 17 pontos e subiu para a 4ª colocação. A Chape estacionou na 2ª posição, com 18 pontos. O Verdão está a um ponto do Figueirense, que soma 19.

O próximo compromisso do Marcílio Dias é contra o Criciúma, pelo o Campeonato Catarinense, no próximo sábado (2), às 17h, no Heriberto Hülse. A Chapecoense também joga pelo Catarinense, mas contra o Avaí, na próxima quarta-feira (27), às 20h, na Ressacada.

VAVEL Logo