Guia VAVEL Copa do Mundo Feminina: Grupo F
Foto: Arte/VAVEL

Tudo pronto pra rolar a bola! A Copa do Mundo de Futebol Feminino começou na sexta-feira (07) e colocará frente a frente às melhores seleções do planeta. O Grupo F tem tudo pra ser um melhores, com duas favoritas reunidas: Estados Unidos e Suécia. Além delas, Tailândia e Chile completam o grupo.

Trajetória

Estados Unidos

Foto: Reprodução/FIFA.com
Foto: Reprodução/FIFA.com

Atual campeã mundial, a Seleção Americana garantiu a vaga para a disputa na França após conquistar seu oitavo título de Concacaf. A conquista foi um recorde do torneio.

Chile

Foto: Reprodução/FIFA.com
Foto: Reprodução/FIFA.com

As estreantes no Mundial não tiveram vida fácil. Sem apoio, a equipe ficou de 2014 a 2017 sem disputar uma única partida e só conseguiu a vaga após o vice campeonato da Copa América, perdendo o título para o Brasil.

Suécia

Foto: Reprodução/FIFA.com
Foto: Reprodução/FIFA.com

A seleção europeia também não teve dificuldades para carimbar o passaporte para a França. As suecas venceram todos os jogos do seu grupo na Eliminatória e vão em busca do primeiro título.

Tailândia

Foto: Reprodução/FIFA.com   

A Tailândia disputará sua segunda Copa do Mundo de Futebol Feminino após terminar a Copa Asiática na quarta posição. Este foi o melhor resultado da equipe na competição.

Destaque

Estados Unidos

Eleita duas vezes a melhor do mundo, a meia Carly Lloyd disputará sua última Copa do Mundo. Com mais de 100 gols pela Seleção, a meia comanda o meio de campo norte-americano.

Chile

Melhor goleira do último campeonato francês, jogando pelo PSG, Christiane Endler é uma das esperanças da equipe chilena pra fazer bonito no Mundial.

Suécia

Artilheira, Stina Blackstenius comandará as ações ofensivas da Suécia. E a atacante de 23 anos já provou que fazer gols não é problema pra ela. Stina foi artilheira da Copa do Mundo sub-19, além de ter anotado cinco tentos na Eliminatória.

Tailândia

A veloz Kanjana Sung-ngoen é quem deve dar trabalho para as defesas adversárias. Aos 32 anos, a atacante prova que ainda tem muito gás e atormentou as zagueiros da Austrália na semifinal da Copa Asiática.

Análise do Grupo F

Com três títulos do torneio, os Estados Unidos devem ser a principal atração do grupo. Apesar de não viver o melhor momento, a chamada Geração de Ouro Americana já provou que não deve ser subestimada e continua sendo uma das favoritas a levantar outra taça.

Nesta primeira fase, a Suécia é quem deve dar mais trabalho para as atuais campeãs. Apesar de nunca ter conquistado um título de expressão, as suecas sempre figuraram no grupo das principais seleções e seria uma surpresa elas ficarem de fora da fase eliminatória.

Chile e Tailândia devem fazer apenas figuração em meio às duas gigantes. Apesar do destaque das asiáticas em seu continente, a Tailândia não conseguiu evoluir em termos mundiais e não deve ir muito longe.

O Chile até tem crescido na América do Sul nos últimos anos. Entretanto, o vice-campeonato na Copa América não é suficiente para fazerem as chilenas aspirarem algo grande no Mundial.

VAVEL Logo