Buscando reabilitação na Série B, Vila Nova e Figueirense se enfrentam no Serra Dourada
(Foto: Divulgação / Vila Nova)

Buscando reabilitação na Série B, Vila Nova e Figueirense se enfrentam no Serra Dourada

Na história, é a 12ª vez que as duas equipes medem forças, com cinco vitórias para cada lado e um empate nos últimos 11 jogos

victor-souza
Victor Souza
Vila NovaCarlos Eduardo; Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Nirley e Heverton; Carlos Jatobá, Leandro Leite, Bruno Paulo, Diogo Oliveira e Cristian; Rafael Grampola. Técnico: Marcelo Cabo
FigueirenseMatheus Vidotto; Kauê, Pereira, Ruan Renato e Matheus Destro; Zé Antônio, Betinho e Tony; Fellipe Mateus, Willian Popp e Rafael Marques. Técnico: Vinícius Eutrópio.

A inconstância, em uma competição como a Série B, pode custar caro. Tanto para os times que lutam pelo acesso, quanto pelos que sobrevivem querendo escapar do rebaixamento. O Vila Nova, mandante da partida, vive em fase de reafirmação no campeonato. Já o Figueirense quer deixar para trás a crise financeira e voltar a encostar no G-4.

É com esse panorama que os dois times duelam, na noite deste sábado (3), pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida dará o pontapé inicial às 19h15 (horário de Brasília), no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Com apenas duas vitórias nos últimos 10 jogos, a circunstância do Tigre na competição é mais complicada. Isso porque os 14 pontos conquistados, até então, os mantém somente com um ponto à frente do Criciúma, que é o primeiro time da zona de rebaixamento.

O Figueira quer voltar ao retrospecto do início da Segundona, quando já havia passado rodadas no G-4. Após passar seis jogos sem perder, a equipe catarinense caiu de rendimento e foi derrotado para o Paraná e empatou com Criciúma e Vitória. Como visitante, tentará o seu segundo triunfo.

Semana de apresentações em Goiânia

Para alcançar uma melhora na competição, o Vila apresentou três contratações durante a semana. Os atacantes Mailson e Robinho já haviam atuando com camisa do Colorado e, na tarde da última quinta-feira (1º), foram apresentados oficialmente. Além deles, o zagueiro Elivelton também foi anunciado de forma oficial. O jogador vem por empréstimo e integra o elenco até o final da Série B.

Nas quatro linhas, o técnico Marcelo Cabo ganhou os retornos de Wesley Matos e Joseph, que cumpriram suspensão automática no último jogo. No departamento médico, o atacante Mateus Anderson é o único com chances de ir para campo, enquanto Érick e Gastón seguem se recuperando das contusões.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO VILA NOVA: Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Nirley e Heverton; Carlos Jatobá, Leandro Leite, Bruno Paulo, Diogo Oliveira e Cristian; Rafael Grampola. Técnico: Marcelo Cabo

Novo treinador e mudança no gol

Contratado pela diretoria para assumir o comando alvinegro após a saída de Hemerson Maria por conta de divergências com a diretoria, o treinador Vinícius Eutrópio não estará na beira do campo para acompanhar o confronto. O nome do profissional ainda não foi regularizado junto ao Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que o mesmo possa fazer a reestreia no comando.

Outra saída foi a de Denis, titular em todos os jogos da temporada, que deixou o Figueirense após cobrar na justiça o time por falta de pagamentos. Assim, o terá um novo goleiro para as próximas partidas. Matheus Vidotto e Elisson disputam a vaga para assumir a titularidade da meta catarinense. Os outros desfalques ficam por conta de Alemão e Victor Guilherme.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO FIGUEIRENSE: Matheus Vidotto; Kauê, Pereira, Ruan Renato e Matheus Destro; Zé Antônio, Betinho e Tony; Fellipe Mateus, Willian Popp e Rafael Marques. Técnico: Vinícius Eutrópio.

VAVEL Logo