Atlético-MG vira, mas CSA arranca empate em Maceió
Foto: Bruno Cantini/ Atlético

O empate por 2 a 2 entre CSA e Atlético-MG com direito a "lei do ex", expulsão, estreia, virada e empate no fim não ajudou nenhuma das equipes a melhorar suas colocações na tabela do Campeonato Brasileiro, os times precisavam de uma vitória para dar uma respirada e até um animada no campeonato.

Primeiro tempo começou equilibrado, com ataque e defesa. A primeira chance de gol foi com  Di Santo para o Atlético, aos seis minutos, e em seguida com Jonatan Gómez, numa jogada individual para o CSA.

O gol saiu aos 33'quando Fábio Santos saiu jogando errado e perdeu para Dawhan, que cruzou no capricho ao meio da área, e Alecsandro ganhou de Léo Silva no alto para cabecear com firmeza, no canto, sem chances pra Cleiton. Fábio Santos ainda acertou o travessão aos 36'.

Atlético voltou e acelerou na etapa final, mais uma vez com Fábio Santos, aos 17', quando finalizou à queima-roupa e João Carlos fez uma grande defesa. O Galo foi para cima querendo jogo, quando num chute de fora da área aos 23 minutos, Réver finalizou de longe, a bola desviou na defesa e tirou João Carlos do lance conseguindo o empate. A alegria atleticana durou pouco, Vinícius perdeu a cabeça e deixou o braço em Dawhan, acabando sendo expulso aos 34 minutos.

Mesmo com um a menos, Luan recebeu aos 39 minutos uma bola de Fábio Santos, tirou o marcador e desempatou para o Galo. Mas os donos da casa reagiu rápido, aos 41', Jonatan Gómez foi derrubado na área do Atlético por Guga, surgindo o pênalti para a equipe alagoana. O próprio argentino cobrou o pênalti e deixou tudo igual.

E agora?

Com o resultado do jogo não mudou a situação de CSA e Atlético-MG na classificação do Brasileiro. O Galo chegou a 32 pontos e segue em 11º lugar. Com 26 pontos, o Azulão continua na zona de rebaixamento, em 17º lugar. Agora o Galo volta a jogar no próximo domingo, às 16h. Recebe o Santos no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Já o Azulão vai para o Rio. Segunda, enfrenta o Botafogo no Engenhão, às 20h.

VAVEL Logo