Após vitória de virada, Sampaoli critica postura da torcida: “Falta de respeito” 
 Foto: Divulgação/Santos

Nesta quinta-feira (17), o Santos derrotou o Ceará de virada por 2 a 1, na Vila Belmiro. Apesar da vitória, o clima entre a torcida santista e o treinador Jorge Sampaoli não é dos melhores. 

Ainda no primeiro tempo, Everson levou um gol de fora da área e ouviu os torcedores do Santos gritarem o nome de Vanderlei, ídolo do clube que estava no banco. Em entrevista coletiva após a partida, o treinador não escondeu seu descontentamento com o ocorrido.  

Enxerguei como uma falta de respeito. Everson é uma peça chave desta campanha, me parece até irresponsável culpar ele por algo. Ele faz um ano incrível no Santos. Isso é vergonhoso. Se aproveitam de um momento de dor, de que a equipe está perdendo. Vanderlei é muito reconhecido, mas o Everson mostrou, com o tempo, o motivo de estar no gol do Santos”, criticou o Sampaoli. 

No intervalo da partida, ainda perdendo por 1 a 0, a equipe paulista deixou o gramado sob vaias. O técnico também lamentou a postura e o imediatismo dos torcedores. 

As pessoas são muito imediatas. Não há nenhuma possibilidade de que se desfrute uma partida, só exigem que ganhem e ganhem. Na minha carreira, não me interessa que me aplaudam porque ganhei, mas sim que me aplaudam para eu ganhar”, completou. 

Apesar de não ter gostado do comportamento do público presente no estádio, o argentino admitiu que sua equipe encontrou dificuldades na primeira etapa. 

Não conseguimos passar da defesa deles, eles travaram as linhas. Tinha muita gente na área do Ceará, aí terminávamos contra os zagueiros altos deles. No segundo tempo a partida se abriu mais. Não fomos uma equipe precisa no ataque, mas tivemos volume”, concluiu. 

Com a vitória, o Santos chega a 51 pontos e continua a perseguição aos líderes do Brasileirão. O clube está dez pontos atrás do Flamengo, primeiro colocado, e volta a campo no próximo domingo (20), às 16h, para enfrentar o Atlético-MG no Independência.

VAVEL Logo