Ney Franco fica insatisfeito após empate do Goiás contra o Vasco: "Saímos frustrados"
Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

Após o empate contra o Vasco, jogando em São Januário, o técnico Ney Franco concedeu entrevista coletiva e não saiu satisfeito com o resultado. Mesmo tendo buscado  o resultado nos acréscimos da partida, o técnico Esmeraldino acredita que seu grupo merecia a vitória.

"Saímos frustrados porque fomos superiores ao adversário. Empurramos o Vasco e pressionamos, mas fomos prejudicados pela arbitragem", disse o treinador.

Sobre a arbitragem, inclusive, Ney Franco soltou um desabafo e fez duras reclamações sobre erros que, na opinião dele, foram cruciais para impedir uma vitória do Goiás. Entre os lances, está incluso um gol Esmeraldino marcado no segundo tempo pelo zagueiro Fábio Sanches. Com o auxílio do VAR, o árbitro acabou assinalando uma falta de Rafael Moura em cima de Guarín.

"Em relação a arbitragem, reclamamos um gol lícito que foi anulado. E em cima disso, jogar aqui atrás do placar, no momento em que estávamos melhores em campo, fica complicado. Fomos penalizados por más interpretações. Sabemos que neste primeiro ano [de VAR], é o ano de adaptação. E sabemos também que o brasileiro é muito ruim com interpretações e principalmente para interpretar texto. E quando esse documento sai em inglês, depois é traduzido para o português e ainda tem muita gente pra dar opinião sobre o VAR, fica muito confuso", reclamou.

LEIA MAIS: Jogo corrido e gol no último minuto: Vasco e Goiás empatam no Rio e seguem no meio da tabela

Ocupando a 11ª posição com 43 pontos, o Goiás está a sete pontos do Internacional, sétimo colocado e último time na zona de classificação para a Copa Libertadores. Quando perguntado sobre as aspirações do Verdão para a sequência do campeonato, Ney Franco disse que sua equipe vive 'jogo a jogo'.

"A gente pensa em terminar o campeonato na primeira parte da tabela, entre os 10 primeiros. Começamos na 10ª posição, perdemos uma posição para o Vasco com um jogo a mais deles (Flamengo). A gente não está traçando metas longas. Estamos vivendo jogo a jogo. Temos que nos concentrar para vencer o Bahia, que é uma equipe que está na nossa frente e será muito difícil. Se a gente vencer nossos jogos e contar com o tropeço dos adversários que estão a nossa frente, será muito bom. Mas estamos vivendo jogo a jogo", finalizou.

Como adiantou o técnico esmeraldino, o próximo compromisso do Goiás será no domingo (24), às 16h, contra o Bahia, no Estádio Serra Dourada.

VAVEL Logo