Arrascaeta: recorde de assistências,13 gols e maior pintura do Brasileirão 2019 
Foto:Reprodução/Flamengo

Giorgian de Arrascaeta não está para brincadeira. Com o fim do Campeonato Brasileiro de 2019, assim como o time do Flamengo, o uruguaio deixou adversários e recordes esfacelados por onde quer que tenha passado.

Ao dar números finais para maior competição do Brasil, Arrascaeta terminou a competição com números assombrosos para um meia ofensivo. Com seu jeito elegante e fácil de jogar, o craque fez 13 gols em 23 partidas, empatado em quinto lugar na artilharia, com Everaldo, da Chapecoense, e Wellington Paulista, do Fortaleza, dois atacantes, que tiveram mais jogos que o uruguaio.

Foto:Reprodução/Flamengo
Foto:Reprodução/Flamengo

Em relação às assistências, reinou absoluto em 2019: foram 14 passes para gol em 23 jogos. Igualou-se a uma lenda dos gramados, Ronaldinho Gaúcho, com mais de dez gols e assistências em uma temporada. O ídolo nacional conseguiu 13 assistências e 10 gols pelo Atlético-MG em 34 jogos na edição de 2012. São menos 11 partidas, mantendo-se a proporção. 

Definitivamente números que serão difíceis de serem igualados já que Arrascaeta passou outras figuras carimbadas e raras desta década: Bernanrd, do Atlético-MG, com 12 assistências e 11 gols (36 jogos); Rafael Sobis, do Fluminense, com 10 assistências e 10 gols (36 jogos); Jadson, do Corinthians, com 12 assistências e 13 gols (34 jogos).

A pintura do Brasileirão e a Bola de Prata

O uruguaio ainda recebeu a Bola de Prata, premiação criada pela Revista Placar em 1970 e entregue pela ESPN. Gabigol Ficou com a Bola de Ouro. Mas Arrascaeta levou ainda o prêmio de gol mais bonito do Brasileirão de 2019. Uma pintura inesquecível de bicicleta contra o Ceará.

 

Para o mago do Flamengo e o Rubroegro o céu é o limite.

VAVEL Logo