Apresentado no Santa Cruz, Didira fala sobre ‘projeto para levantar a equipe’
(Foto: Rafael Melo / Santa Cruz)

O meio-campista Didira foi apresentado no Santa Cruz de forma oficial, no estádio do Arruda, na tarde desta sexta-feira (3). O jogador de 31 anos estava disputando a Série A do Campeonato Brasileiro pelo CSA, onde foi rebaixado para a Segundona. Lá, participou de 136 partidas e marcou 25 gols. Foram quatro anos vestindo a camisa do Azulão.

Na apresentação, Didira revelou que acredita no projeto da diretoria tricolor e enfatizou a sua versatilidade dentro de campo: "Dinheiro não é tudo. Não adianta ganhar rios de dinheiro e não ser feliz. Recebi a proposta do Santa Cruz, vimos que era uma situação boa para ambos. É um projeto que tem tudo para levantar a equipe, que hoje está dormindo", explicou o jogador.

"Já vinha treinando há 20 dias, depois do término da Série A. Estou no Nordeste, estou tranquilo sobre essa saída de Alagoas. A torcida pode ficar tranquila que vai ver um time aguerrido, para buscar as melhores coisas para o Santa Cruz. Procuro fazer o melhor sempre, me dedico ao máximo nos treinos. Sempre joguei bem em todas as posições que atuei, então não me preocupo com isso. Vou trabalhar para jogar. Não adianta treinar bem e jogar mal", finalizou Didira.

Além de Didira, O Santa Cruz também conta com os experientes Paulinho, ex-São Bento, e Toty, ex-Cuiabá. Ao todo, são 13 novos nomes para a diretoria coral conquistar o principal objetivo para a temporada 2020: conquistar o acesso à Série B. 

VAVEL Logo