Presidente do CSA, Rafael Tenório critica jogadores e promete dispensas: “Time ridículo!”
Foto: Thiago Parmalat/RCortez/CSA

O presidente do CSA, Rafael Tenório, “soltou os cachorros” e falou o que veio à mente em entrevista realizada na noite deste domingo (16), à beira do túnel que dá acesso aos vestiários azulinos no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL. Toda a insatisfação do mandatário do clube se deu pela derrota diante do Botafogo da Paraíba por 1 a 0, em jogo válido pela quarta rodada da Copa do Nordeste. Com a realidade completamente oposta à expectativa antes da temporada começar, o dirigente fez críticas amplas e severas a jogadores, principalmente os mais caros do time. Além disso, anunciou a saída de Fabiano Melo da direção de futebol maruja.

“Vamos mudar. A equipe não está bem, eliminada da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste. Já substituímos um treinador e agora precisamos mudar. Mudamos o departamento de futebol, começando pelo Fabiano Melo, que está afastado e nós também vamos afastar alguns jogadores para começar um novo ciclo para o Campeonato Alagoano e para a Série B logo em seguida. Eu vou conversar com Raimundo Tavares, mas eu acredito que deverão ser dispensados seis medalhões que vieram a peso de ouro e que não justificaram as suas contratações. Estou muito decepcionado porque eu aqui não vou jogar flores nem confetes em ninguém. Você contrata Renatinho a peso de ouro, renova com Luciano Castán a peso de ouro, renova com Alan Costa a peso de ouro, traz o Norberto a peso de ouro, contrata o Yago a peso de ouro, traz o Geovane a peso de ouro, traz o Rodrigo Pimpão da mesma forma, o Diego Maurício a peso de ouro e a equipe não responde? Eu acho que nós precisamos trocar. E se é para perder jogando caro, é melhor perder com a minha base, com meus jogadores. Eu estou completamente decepcionado. Eu não sou derrotado, sou vitorioso. Aqui ninguém vai estar jogando confetes e nem mentindo”, disse.

Foto: Augusto Oliveira/CSA
Foto: Augusto Oliveira/CSA

As críticas não pararam com o anúncio da saída de Fabiano Melo da cúpula diretiva de futebol e com a citação nominal de alguns atletas que supostamente são os mais caros do elenco. Rafael Tenório falou sobre, de acordo com seu ponto de vista, a lástima de ser derrotado pelo Botafogo da Paraíba em casa pelo orçamento inferior do Belo em relação ao Azulão e reforçou o desânimo com algumas situações vistas nos bastidores do clube que podem resultar em uma saída antecipada do cargo máximo do clube.

O time é ridículo! Em 12 pontos disputados, um conquistado na Copa do Nordeste. Eliminado na Copa do Brasil. Eu tenho que responder o quê para a torcida? Pedir desculpas pela porcaria que foi feita. Como presidente do clube, vou tomar uma medida e nós vamos afastar atletas, principalmente os medalhões que foram contratados a peso de ouro e não estão justificando o salário que ganham. O nosso time é simplesmente ridículo! E não adianta ninguém estar mentindo nem tentando enganar. A folha do Botafogo-PB, que nos venceu hoje, representa um quarto da nossa. Então a gente tem que ser sincero. Eu fui no vestiário no final do primeiro tempo e falei para os jogadores: ‘Nós estamos tranquilos. Agora só falta ser eliminado do Campeonato Alagoano para completar o desastre todo’. Eu tenho a minha consciência tranquila, eu dei o meu melhor, e vou me preparar para depois ir embora, porque isso aqui não é meu mundo. Isso é um mundo nojento, o mundo do futebol é nojento. Você contrata determinados profissionais e eles sentam em cima do contrato”, concluiu.

VAVEL Logo