Somatória de problemas causa demissão de Adilson Batista no Cruzeiro
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro chega à sua terceira derrota seguida — contando Estadual e Copa do Brasil —, e ela veio junto ao ineditismo do Coimbra, que venceu pela primeira vez no Campeonato Mineiro, já na reta final da competição.

Em mais um confronto sem evolução e apresentado múltiplos problemas, a Raposa demonstra deficiência em todos os setores, além de críticas direcionadas ao elenco, comissão e diretoria. Logo, o treinador Adilson Batista é demitido.

Na partida contra o Coimbra, em meio aos inúmeros problemas, a ausência de meio-campo foi o que chamou mais atenção, quando os lançamentos longos foram concretizados em virtude de tal escassez no círculo central. Não bastasse os erros de passes desde a defesa até o ataque, a falta de criatividade e articulação tornaram o Cruzeiro uma equipe previsível da perspectiva de quem marca.

Em meio a tantos problemas que percorrem entre campos táticos, administrativos e de comando, o cruzeirense se mostra perdido no quê criticar.

VAVEL Logo