Dal Pozzo destaca empenho do Náutico e rasga elogios aos estreantes: "Ajudaram bastante"
Foto: Caio Falcão/CNC

Após o apito final do jogo no estádio dos Aflitos, o técnico do Náutico, Gilmar Dal Pozzo avaliou o jogo, a postura da equipe em campo nesta noite e pontuou que ainda tem pontos a melhorar.

"Melhorou o nosso espírito. Conheço muito a Série B. É uma competição forte. O Operário já tem um trabalho de mais de três anos com Gerson, fazendo boas campanhas e com time entrosado. Por isso, eu gostei do nosso espírito. Se tivéssemos tido essa atitude diante do Avaí, nós teríamos somado pontos. Defesa segura, mas ainda em busca da evolução de posse de bola. Não tomamos gols, mas precisamos melhorar do meio para frente para furar o bloqueio do time adversário.Pensamos jogo a jogo. Projetamos uma pontuação para acesso, título e 45 pontos para permanência. Contra o Avaí, nós não tivemos sucesso. Hoje conseguimos um empate. Não posso falar que faltou empenho ou espírito de Série B, mas ainda faltam ajustes. Existe probabilidade grande em algum momento no torneio de encaixar três vitórias para subir na tabela de pontuação. Mas antes queremos consolidar trabalho”.

Entretanto, Dal Pozzo elogiou os recém-contratados, o lateral-esquerdo Kevyn e o volante Matheus Trindade. Ambos estrearam essa noite com a camisa alvirrubra. Para o treinador, a entrada dos atletas modificou positivamente o desempenho do clube.

"Gostei da atuação dos dois. Que bom que a diretoria acelerou o processo e tivemos condições de utilizar. Kevyn entrou para ocupar um espaço na esquerda que Maranhão em estava levando vantagem no segundo tempo. Nos ajudou bastante, mostrou muita força. Matheus Trindade eu já conhecia, precisei tirar um dos volantes, que ambos estavam pendurados, isso é arriscado. É um atleta de bastante intensidade e com certeza vai agradar muito".

O próximo compromisso do Náutico será contra o CRB, neste sábado (15), às 19h, no estádio dos Aflitos.

VAVEL Logo