Interino, Mozart comemora primeira vitória do Coritiba no Brasileirão: "Confiança aumenta"
Foto: Divulgação/Coritiba

O Coritiba garantiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro Série A 2020 neste domingo (23). Diante do Red Bull Bragantino, a equipe paranaense, comandada pelo técnico interino Mozart, venceu por 2 a 1 em partida válida pela quinta rodada, no estádio Nabi Abi Chedid. Nos próximos dias, Jorginho assumirá o time.

Apos encerrar a marca de seis jogos sem vencer, o técnico interino, Mozart, falou sobre o desempenho do time na vitória deste domingo e o sentimento ao amenizar a pressão dentro e fora de campo.

"A derrota traz um peso muito grande dentro do vestiário porque vivemos de resultado. Os jogadores, mais que nunca, vivem de resultado, trabalham, se dedicam, abdicam de muita coisa sempre pensando no resultado, então quando você tem seis resultados negativos em um clube deste tamanho é óbvio que o ambiente fica ruim, a pressão é muito grande. Os jogadores começam a se cobrar de maneira mais áspera, o que é normal também. A vitória traz um pouco mais de alivio, a confiança aumenta porque jogador de futebol não desaprende a jogar, é uma questão de momento. Essa vitória vai recuperar a confiança deles, é um grupo que trabalha muito, com qualidade, eles demonstraram isso hoje, a vitoria traz esse sentimento. Muito feliz pela vitória. Nos precisávamos mais do que nunca pontuar.Eu falei para os jogadores nos últimos dois dias que nos enfrentaríamos talvez coletivamente um dos melhores times do campeonato, estou muito feliz".

Na última semana, o Coritiba preferiu demitir Eduardo Barroca da função após a sequência de derrotas. Assumindo o lugar temporariamente, Mozart garantiu que todo o trabalho apresentado é responsabilidade do ex-treinador.

"Primeiramente em dois dias não se muda praticamente nada. Exaltar o que o Barroca tinha feito até então. Tudo o que foi feito e aquilo que eu acreditava que na época era feito eu dei continuidade. É obvio que cada treinador tem o seu gosto, suas preferências. Óbvio que ajustes a gente tenta fazer, não seria verdadeiro da minha parte chegar aqui falando que mudei. Não mudei muita coisa não, pode ter certeza disso. Quero aproveitar essa oportunidade para exaltar os dois profissionais porque também são meus amigos. Seria muito indelicado da minha parte vir aqui e falar que eu mudei. Os episódios vieram a nosso favor, graças a Deus, no começo dos quatro jogos tiveram episódios que foram contra e tem coisa que é difícil controlar, principalmente atitude de jogador. Jogadores tiveram uma baita atitude hoje, então tem que exaltar o trabalho coletivo deles, a dedicação, disposição, entrega e assim fomos premiados com a vitoria".

O comandante tratou de assegurar aos torcedores que o time estará em boas mãos nos próximos jogos e que Jorginho, com as peças certas, trará melhores resultados em campo.

"Eu conversei com o Jorginho na sexta-feira, ficamos aproximadamente meia hora conversando, mas não entrei nesses detalhes. Mas o Jorginho pode ter certeza que ele tem um elenco qualificado na mão, que pode fazer vários, ou pelo menos três sistemas de jogo, de acordo com o jogador que ele escolher por para jogar, porque é um elenco bem homogêneo na minha visão, um elenco que se complementa. Esses resultados negativos que nós tínhamos não apaga a qualidade destes jogadores. Eu espero que esse resultado tenha virado essa página. O Jorginho tem um elenco qualificado na mão, não tenho duvidas".

Mesmo com o resultado positivo, o Coritiba ainda é o último da tabela, mas agora soma três pontos. Pela sexta rodada do Brasileirão, recebe o Sport no próximo domingo (30), às 16h.

VAVEL Logo