Matheus Babi, Cavalieri, Marcinho e cia. Botafogo vive dilema com renovações de contrato
Foto: Vitor Silva/ Botafogo F.R.

Afundado na vice-lanterna do Brasileirão e vivendo um delicado momento financeiro onde o futuro do clube está em risco, o Botafogo terá alguns dias para resolver o futuro de alguns atletas do atual elenco. O treinador Eduardo Barroca ficará encarregado de convencer atletas como Diego Cavalieri e Matheus Babi a seguirem no clube até ao menos o fim da temporada, prevista para fevereiro.

No plantel atual do Glorioso, 12 jogadores estão de saída do clube, porém alguns dos nomes citados abaixo, possuem conversas com a diretoria para uma prorrogação de contrato. Confira os jogadores que podem deixar o Botafogo a partir de 31 de dezembro:

Cláudio (zagueiro) - Promessa da base do clube, o jogador de 19 anos integra o time principal, porém atuou boa parte da temporada no time sub-20. Sem nenhum novo acordo, tudo indica que o defensor não terá seu contrato renovado e poderá sair sem sequer ter atuado profissionalmente.

Diego Cavalieri (goleiro) - Titular absoluto durante a ausência de Gatito, o staff de Cavalieri mantém conversas com a diretoria para uma renovação, porém o tempo do novo contrato é o que emperra o avanço das conversas. O Botafogo pretende manter o goleiro até meados de fevereiro, porém o atleta quer ao menos mais uma temporada de garantia. A decisão de Barroca será fundamental na negociação.

Elivelton (lateral direito) - Também oriundo do time sub-20, o defensor foi relacionado para algumas partidas do Brasileirão, porém não entrou em campo. Sem espaço na equipe principal e sem procura do clube para uma renovação, tudo indica que o jogador não permanecerá para a reta final da temporada.

Gabriel (atacante) - Mais um jogador das divisões de base, o atacante de 20 anos esteve integrado ao plantel sub-20, onde marcou 4 gols em 26 partidas. Sem espaço na equipe principal, o atleta segue com situação indefinida e poderá trocar de clube em janeiro.

Guilherme Santos (lateral esquerdo) - Primeiro reforço para a temporada, o defensor que chegou com status de titular, perdeu espaço com a vinda de Victor Luís e até atuou como ponta. Apesar das oportunidades, não vingou e também não desperta o desejo da diretoria em contar com o atleta para a sequência do campeonato. 

Helerson (zagueiro) - Utilizado no primeiro semestre do ano, o jogador da base alvinegra despontava como uma das principais opções no setor até o mês de agosto, quando recusou uma oferta de renovação. Desgastado internamente, esteve afastado desde então e a partir do fim do contrato poderá negociar com outra equipe.

Lucas Campos (meia/atacante) - Apesar das expectativas em deslanchar após sua última renovação contratual, o jogador que por pouco não deixou o clube na metade do ano deverá ter seu fim do ciclo no Botafogo neste mês. Pouco utilizado, ainda não foi procurado para renovar o contrato e deve ser mais um a deixar o clube.

Luiz Otávio (volante) - Apesar de suplente, é um dos jogadores na lista que mais participam das partidas. O clube tem interesse em renovar, porém a conversa é para extensão até o mês de fevereiro. Tudo indica que o Botafogo não quer comprometer o elenco caso seja rebaixado de divisão. Situação é de indefinição com empresários.

Marcinho (lateral direito) - Visto como uma das maiores promessas e avaliado em R$18 milhões, o defensor não foi convencido a renovar e é um dos nomes a estarem com a situação definida e sairá de graça. Ainda que reserva, atrai interesse do futebol do exterior e já até foi cobiçado no arquirrival Flamengo no início do ano.

Matheus Babi (atacante) - Emprestado pelo Serra Macaense, o atacante pode ser comprado em definitivo caso o Botafogo exerça o passe de 40%, ligado ao clube de Macaé. Atualmente o Glorioso tem apenas 30% enquanto o restante são de empresários. Caso o Serra receba uma oferta pelo atleta, o Bota pode cobrir, mas caso contrário ele será negociado com outro clube. Na temporada são 7 gols marcados com a camisa Alvinegra.

Michel (volante) - Jogador que chegou a treinar com a seleção brasileira sub-17, pouco teve espaço no time sub-20 e apesar de integrado aos profissionais, sequer jogou. Há três dias o Botafogo já encaminhou sua saída para o New England Revolution, da MLS. Estima-se que nos Estados Unidos ele integre o time sub-23.

Saulo (goleiro) - Mais um goleiro com situação indefinida, Saulo conversa com o clube para prorrogar seu contrato. Botafogo deseja manter o arqueiro até fevereiro, mas as negociações estão indefinidas. Caberá ao Barroca definir o grau de importância do atleta com sua exigência contratual.

VAVEL Logo