Vanderlei Luxemburgo critica arbitragem por 'deixar o jogo correr' após goleada sofrida pelo Vasco
Foto: Ari Ferreira/RB Bragantino

Na noite desta quarta (20), o Vasco foi goleado por 4 a 1 pelo Red Bull Bragantino pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida, que aconteceu no estádio Nabi Abi Chedid, contou com uma atuação enérgica dos donos da casa que apagou qualquer chance de reação do clube carioca. O Vasco mexeu no placar aos 23 minutos do segundo tempo com o meio-campista Gabriel Pec, mas ainda sofreu o quarto perto do fim do jogo.

Após a partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo se pronunciou em coletiva e apontou como uma das causas para a goleada o critério adotado pelo árbitro da partida Leandro Pedro Vuaden.

"Essa coisa de deixar o jogo correr acaba perdendo o critério. As faltas são muito parecidas, de repente você dá uma e não dá outra. Por exemplo, eu acho que a falta que ele deu no Carlinhos foi a mesma que o Andrey sofreu. Deixou o jogo seguir no Andrey e no Carlinhos deu a falta."

O professor também comentou a ausência do meia Benítez e explicou que a decisão foi para poupá-lo de lesões para o próximo jogo dentro de casa. Sobre o placar "elástico", Luxemburgo disse que o Vasco por um momento do jogo até poderia ter reagido, mas no fim, reconheceu o mérito dos donos da casa.

Com esse resultado, o time carioca permanece com 32 pontos e ocupa a 16ª posição, empatado em número de pontos com o Fortaleza, que está na 17ª colocação. Nesta rodada, não há chances do Vasco entrar na zona de rebaixamento, já que o time da capital cearense teve seu jogo contra o Santos adiado. O desafio seguinte para o Gigante da Colina é no próximo sábado (23), em casa, contra o Atlético-MG.

VAVEL Logo