Santos empata com o Fluminense na Vila e encaminha vaga na Libertadores
Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.

Em jogo válido pela 37ª rodada do Brasileirão, Santos e Fluminense empataram em 1 a 1 na Vila Belmiro. Os gols foram marcados por Lucca e Jean Mota. O resultado foi melhor para o Peixe, que, com o ponto conquistado, encaminhou sua vaga na Pré-Libertadores de 2021. Já o Tricolor perdeu a oportunidade de se manter próximo de Atlético Mineiro e São Paulo e se distanciou da vaga direta na fase de grupos da competição continental.

Com o empate, o Santos chegou a 54 pontos e manteve a oitava colocação. Agora, o Alvinegro depende apenas de um tropeço do RB Bragantino para assegurar a vaga na Libertadores já na note deste domingo - o Massa Bruta visita o Goiás. Já o Fluminense foi a 61 pontos e se complicou na briga pelo G-4. Os cariocas, que estão em quinto, não alcançam mais o Atlético-MG (65 pontos) e dependem de uma derrota do São Paulo para o já rebaixado Botafogo na segunda-feira para levar a disputa à última rodada.

A arbitragem de Savio Pereira Sampaio foi bastante criticada pelo time das Laranjeiras. Primeiro, por não expulsar Luiz Felipe em chegada dura em Yago Felipe, ainda no primeiro tempo. Depois, por não dar cartão amarelo a jogadores do Santos em diversas faltas ao longo do segundo tempo. O árbitro ainda expulsou Nino após reclamação pesada do zagueiro. No lance seguinte, Jean Mota empatou o jogo.

Escalações

Ainda com dores musculares, Soteldo começou a partida no banco. O restante do time do Santos, treinado por Cuca, é o mesmo que venceu o Corinthians na quarta-feira. A exceção é Ivonei, que deixou o time para a entrada de Vinícius Balieiro.

Santos: João Paulo; Pará, Luiz Felipe (Madson, Intervalo/ Bruno Marques, 21' 2T), Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Vinícius Balieiro (Jean Mota, 40' 2T) e Sandry; Marcos Leonardo (Soteldo, Intervalo), Marinho e Lucas Braga (Ângelo, 27' 2T).

Em boa fase no campeonato, Marcão praticamente repetiu o time que venceu o Ceará no último domingo. A única alteração foi o retorno de Fred, que estava lesionado. O ídolo tricolor assumiu a vaga que foi de John Kennedy.

Fluminense: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli (Hudson, 09' 2T), Yago Felipe e Nenê  (André, 41' 2T); Lucca (Yuri, 41' 2T), Luiz Henrique (Michel Araújo, 28' 2T) e Fred (John Kennedy, 28' 2T).

Lucca marca para o Flu em primeiro tempo pegado

A primeira etapa da partida começou com poucos espaços e muito estudo entre as duas equipes. O equilíbrio foi mantido até os 16 minutos, quando Marcos Felipe lançou Luiz Henrique no ataque. O jovem atacante girou sobre a marcação e acionou Lucca, que finalizou cruzado e abriu o placar para o Fluminense.

O jogo seguiu truncado, com muitas faltas e três cartões amarelos (dois, para o Flu, e um, para o Santos). Entre as poucas chances de gol, a mais perigosa foi uma finalização de Fred. O centroavante tricolor venceu a marcação de três defensores do Peixe e chutou forte, mas João Paulo fez grande defesa. O primeiro tempo terminou com o Fluminense pressionando na bola aérea, mas sem conseguir ampliar a vantagem.

Santos volta melhor no segundo tempo e busca o empate

Dois elementos fizeram com que o Santos tivesse um segundo tempo melhor. Primeiro, a entrada de Soteldo, que começou no banco devido a dores musculares. O venezuelano trouxe mais mobilidade ao time pelos lados do campo. Segundo, a lesão do meia Martinelli, responsável por comandar a saída de bola do Fluminense. Sem o jovem atleta, o time de Marcão perdeu intensidade e velocidade na troca de passes.

Com mais domínio no meio-de-campo e velocidade pelas pontas, o Peixe assumiu o controle do jogo e passou a assustar mais o Tricolor. O time carioca resistiu à pressão até os 40 minutos do segundo tempo, quando Jean Mota completou cobrança de falta na pequena área e mandou para as redes.

O Fluminense ainda saiu de campo na bronca com a arbitragem. Após desarme limpo em Marinho, o árbitro Savio Pereira Sampaio marcou falta de Nino. O zagueiro tricolor reclamou e recebeu o cartão amarelo. Logo depois, o jogador voltou a reclamar, xingou o juiz e foi expulso. Foi no lance seguinte que Jean Mota empatou o jogo.

Próximos compromissos

Na última rodada, o Santos vai a Salvador enfrentar o Bahia na quinta-feira (25), às 21h30. Já o Fluminense faz seu último jogo no Maracanã e recebe o Fortaleza, nos mesmos dia e horário.

VAVEL Logo