Abel Ferreira exalta jogadores e elogia Universitário após vitória do Palmeiras
Abel Ferreira após Universitario 2 a 3 Palmeiras (ESPN / Reprodução)

Não faltou emoção na estreia do Palmeiras na Copa Libertadores da América 2021. Jogando no estádio Monumental de Lima, o Verdão abriu 2 a 0, tomou o empate e foi buscar o 3 a 2 nesta quarta-feira (22). Após a partida, Abel Ferreira, técnico do Verdão, falou sobre aspectos pontuais da peleja e também elogiou a equipe peruana.

Até Alan Empereur ser expulso, aos 19 minutos da segunda etapa, a peleja estava na mão alviverde. Ao se ver com um a mais, o Universitario, mesmo com um gol de desvantagem, foi para cima - e arrancou o empate. Antes disso, entretanto, Abel Ferreira elogiou demais a atuação dos comandados. 

"Até a expulsão fizemos um jogo extraordinário, um jogo com muito boa organização, com bola e equilíbrio, uma equipe que arriscou muito com as saídas pelos dois laterais, o Luan fez um grande jogo hoje, e o Alan que cometeu um erro, mas faz parte. Fizemos um grande jogo até a expulsão, com muita gente na área. Era o que queríamos. E o futebol é isso. Uma expulsão, dali nasce o gol, 2 a 1 e em cinco minutos o jogo muda", finalizou.

O grupo do Palmeiras, criticado por torcedores, também foi exaltado pelo treinador. "O que é certo, é que estes jogadores são guerreiros, temos comido alguns limões ultimamente, mas vamos fazer deles limonadas, como hoje. Com a ajuda dos nossos jogadores do banco, um dos nossos capitães é o Felipe Melo, que puxou os jogadores, e o Rony puxou em campo, também. Quando acreditamos muito e atraímos aquilo que pensamos, pelo que foram os 90 minutos, teríamos de sair daqui com a vitória, porque falhamos muitos gols e era um jogo para ficar resolvido na primeira parte", comentou.

A atuação do Palmeiras, de fato, teve bons números: 53% de posse de bola e  vinte finalizações (contra oito do Universitario) - sendo quatro delas certas (foram três dos mandantes.

Adversário elogiado

Para finalizar, o treinador alviverde destacou que a equipe peruana vai fazer um bom papel na Copa Libertadores da América 2021. "É mais um sonho cumprido jogar neste estádio, fabuloso. Vou dizer isto: trouxe minha máquina fotográfica, porque é um estádio fabuloso. Uma equipe extremamente competitiva, fez só três jogos oficiais, com o andar da competição vai ganhar ritmo. Eles não desistem, tanto que acreditaram que poderiam ganhar da gente quando tiveram um a mais. Vão chatear os outros três do grupo. Portanto, temos de estar sempre preparados, respeitando nossos adversários e acredito que com o ritmo competitivo que vai adquirir, vai ficar mais difícil no futuro", concluiu.

VAVEL Logo