Tiago Nunes rasga elogios a Diego Souza após gols na semifinal do Gauchão
Crédito da imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Na reedição da final do Campeonato Gaúcho de 2020, Caxias e Grêmio se enfrentaram no último domingo (2) no Estádio Centenário e o tricolor levou a melhor, ao vencer por 2 a 1, com gols de Diego Souza, e precisa apenas de um empate para seguir na disputa do título estadual.

"Tivemos uma atuação equilibrada na maior parte do tempo, equilibrada. Sofremos um pouco no primeiro tempo, por mérito do Caxias, mas a equipe conseguiu defender bem. Não foram situações tão claras, foi mais volume, depois conseguimos criar situações de gol, manter a posse de bola e defender bem", avaliou o técnico Tiago Nunes.

Novidade na reta final do Gauchão, o VAR gerou polêmica por intervir nos lances decisivos da partida - gol anulado do Caxias e pênalti que deu a vitória ao Grêmio.

Com Ferreira de um lado e Léo Pereira de outro, o tricolor incomodou bastante a defesa rival. O primeiro gol saiu após boa jogada do volante Thiago Santos, que tentou um passe em profundidade, mas a zaga cortou mal e então a bola sobrou nos pés de Diego Souza, que bateu cruzado. 

Com os gols marcados na semifinal, o camisa 9 do Grêmio virou o artilheiro isolado do Campeonato Gaúcho. "Ele sempre teve qualidade para jogar, começou como volante e agora é atacante, o que mostra um repertório técnico gigantesco e uma inteligência muito grande para saber ocupar o espaço no tempo certo", completou o treinador gremista.

O Caxias conseguia chegar mais na bola parada, principalmente com Jhon Cley, e teve um gol anulado quando o jogo estava 1 a 0, o que gerou bastante reclamação e inclusive a expulsão de um integrante da comissão técnica que estava no banco de reservas. No lance, Tontini acertou um belo chute de primeira, porém o VAR entrou em ação e o árbitro invalidou porque na origem da jogada a bola tocou no braço de Giovane Gomez dentro da área.

Ainda no primeiro tempo, o time da casa conseguiu empatar com Marlon, após cobrança de escanteio. Brenno também evitou a virada ao defender cabeçada de Thiago Sales em mais uma jogada de Jhon Cley. O destaque do Caxias na partida ainda teve oportunidade em cobrança de falta, mas mandou por cima do gol.

Enquanto isso, Tiago Nunes mexeu na equipe. Um dos que entraram foi Lucas Silva, que acionou Ferreira dentro da área e o atacante levou um pisão de Matheuzinho. Alertado pela equipe de vídeo, o árbitro revisou o lance à beira do gramado e confirmou o pênalti que Diego Souza converteu no ângulo, sem chance para Marcelo Pitol.

Classificação e próximos jogos

Os times se reencontram no próximo domingo (9) em Porto Alegre. Só a vitória interessa ao Caxias para seguir com chance de título. Quem avançar pega Inter ou Juventude. Neste outro duelo entre times da capital e da Serra Gaúcha, o alviverde largou na frente e tem a vantagem no jogo de volta no Beira-Rio.

Antes de definir o futuro no Gauchão, o Grêmio volta a campo nesta semana pela Copa Sul-Americana, quando recebe o Aragua (Venezuela), na Arena.

VAVEL Logo