Athletico perde para o Melgar e permanece em segunda no grupo D da Sul-Americana
Foto: José Tramontim / Athletico-PR

O Athletico-PR foi derrotado na noite desta quarta-feira (04) pelo Melgar, do Peru, pela Copa Sul-Americana. Bordacahar, em bonita cabeçada, marcou o gol da vitória dos peruanos. Com o resultado, o Melgar se manteve na liderança do grupo D, agora com 9 pontos, três a mais que o Athletico. Vale lembrar que apenas o primeiro colocado do grupo garante classificação à próxima fase.

O jogo

O Furacão começou a partida melhor que o adversário. Logo aos cinco minutos de partida, Nikão recebeu na entrada da área e arriscou de fora da área, quase abrindo o placar. O Rubro-Negro seguiu em cima. Vitinho fez boa jogada pela direita e lançou a bola na área, mas a defesa do Melgar afastou o perigo.

A primeira boa chance dos peruanos foi só aos 22 minutos. Após boa troca de passes, a bola sobra livre para Ibérico. O atacante encheu o pé e Santos salvou o time paranaense. No contra-ataque, Nikão sai em velocidade, mas não consegue finalizar. Ele acha Renato Kayser, mas a bola vai forte demais e o atacante não consegue chegar a tempo.

Com mais de 64% de posse de bola, o Athletico-PR dominava as ações do primeiro tempo, mas não conseguia ser tão efetivo no ataque. O Melgar tentava chegar em chutes de fora da área, mas sem sucesso.

Ainda na primeira etapa, o Athletico-PR ainda teve duas oportunidades em chutes de Christian e Nikão, mas os 45 minutos iniciais terminou mesmo no 0 a 0.

Gol do Melgar e Furacão sem reação

Para o segundo tempo, o Athletico-PR voltou com o mesmo time e tentou manter o ritmo do primeiro tempo. Mas foi surpreendido logo no início. Aos quatro minutos, em ataque dos peruanos pela esquerda, a bola foi lançada na área, Ibérico desviou e ela sobrou para Bordacahar empurrar para as redes em um bonito peixinho.

O Athletico-PR sentiu o golpe. E por muito pouco não tomou o segundo gol. Cuesta recebeu em profundidade, frente a frente com Santos, mas tentou encobrir o goleiro e desperdiçou grande oportunidade.

O Furacão tentava chegar, mas faltava calma aos jogadores. Um exemplo disso foi numa boa oportunidade desperdiçada por Kayser, que poderia tentar o toque, mas chutou de longe e mandou para fora.

O Melgar parecia mais objetivo na partida, sabia o que fazer com a bola. No entanto, também pecou nas finalizações e desperdiçou duas boas oportunidades com Orzán.

Paulo Autuori modificou sua equipe e foi para o tudo ou nada. Matheus Babi entrou para tentar mais efetividade nas jogadas aéreas, mas o Melgar se defendeu bem. E segurou essa importante vitória no estádio Nacional de Lima.

Classificação

Com a vitória, o Melgar chegou aos nove pontos no grupo D, com 100% de aproveitamento. O Athletico-PR, com seis pontos, aparece na segunda posição. No outro jogo do grupo, o Metropolitano-VEN venceu o Aucas-EQU por 3 a 2. Os venezuelanos conquistaram seus primeiros três pontos na competição e os equatorianos seguem sem pontuar.

Na próxima rodada o Athletico-PR visita o Metropolitano, enquanto o Melgar joga também fora de casa contra o Aucas.

VAVEL Logo