Palmeiras vence Dérbi e disputará segunda final consecutiva do Paulistão
Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão

Pela semifinal do Paulistão, Corinthians e Palmeiras se enfrentaram buscando uma vaga na final e o alviverde saiu vitorioso. Com gols de Victor Luís e Luiz Adriano, o alviverde imponente chegou à final e aguarda o vencedor de São Paulo e Mirassol para descobrir seu próximo adversário.

Estratégias

 
O Palmeiras chegou a campo assim: Weverton; Renan, Gustavo Gomez e Luan; Victor Luís, Felipe Melo, Patrick de Paula, Raphael Veiga e Mayke; Luiz Adriano e Rony.
 

A equipe palmeirense pautou seu jogo em buscar explorar a lentidão da defesa corintiana. Pressionando em todo o tempo e avançando com superioridade numérica ao campo de ataque, o Verdão não deixou o Corinthians jogar. Felipe Melo subiu pouco e foi o homem de segurança no meio-campo, enquanto Patrick de Paula fazia a conexão entre defesa e ataque, subindo junto do resto da equipe e recuando nos lances em que o Palmeiras perdia a bola.

Raphael Veiga flutuou pelo meio-campo ofensivo, buscando abrir espaços para os passes verticais. Victor Luís e Mayke atacaram quase que como pontas e foram muito efetivos no ataque, Luiz Adriano e Rony iam às extremidades do campo para ganhar espaço e centralizaram quando a bola chegava ao ataque.

Assim foi o Corinthians: Cássio; João Victor, Raul e Jemerson; Lucas Piton, Gabriel, Ramiro e Mandaca; Luan, Otero e Cauê.

A ideia do Corinthians foi sair jogando na defesa e fazer uma conexão rápida, usando de muitos lançamentos longos, entre o meio-campo defensivo e o ataque. Com Luan e Otero tentando sair da pressão alta que o Palmeiras fazia, o alvinegro chegou poucas vezes ao ataque e viu seu meio-campo blocar na defesa enquanto torcia para os atacantes conseguirem a ultrapassagem.

A partida

Ainda aos 12 do primeiro tempo, Cássio espalmou a bola dentro da área e Victor Luís marcou no rebote, colocando o Palmeiras na frente.

A primeira etapa se encerrou com o 1 a 0 no placar e com o Corinthians claramente desestabilizado pelo mal desempenho nos primeiros 45 minutos da decisão. Pelo segundo tempo, o Palmeiras fez seu segundo gol aos 31 em belo chute de Luiz Adriano, no cantinho, sem chances para o goleiro Cássio.

Aos 40 minutos da etapa final, o Corinthians teve um pênalti a seu favor que foi desperdiçado por Luan, que bateu no travessão.

Em todo o jogo o Palmeiras mostrou autoridade e tranquilidade contra o Corinthians. Com ótimo retrospecto contra o rival, desde a temporada passada, o clube de descendência italiana chega à final com um futebol ofensivo e bem jogado comandado pelo português Abel Ferreira. Vale destacar o péssimo resultado para o Corinthians, que agora só tem mais duas competições a disputar (com chances reais de vencer) no ano de 2021.

Próximos compromissos

 

Na terça-feira (18), o Palmeiras enfrenta o Defensa y Justicia, pela Libertadores, às 19h15, no Allianz Parque. O Corinthians, já eliminado na Sul-americana, enfrenta o Sport Huancayo na quinta-feira (20), às 21h30, na Arena Neo Química.

VAVEL Logo