Presidente do Cruzeiro anuncia saída de Felipe Conceição e pede desculpas à torcida
Sérgio Santos Rodrigues após Juazeirense 1 (3) a (2) 0 Cruzeiro (Cruzeiro / Youtube / Reprodução)

O Cruzeiro teve mais uma vexame nesta quarta-feira (9). Jogando no Adauto Moraes, a equipe mineira perdeu para a Juazeirense por 1 a 0 no tempo normal do jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil 2021 e, nos pênaltis (o jogo em Minas Gerais teve vitória celeste pelo mesmo placar), os baianos venceram por 3 a 2.

A eliminação precoce custou o cargo do treinador da equipe. Quem concedeu entrevista coletiva foi Sérgio Santos Rodrigues, presidente do clube.

Antes de mais nada, ele pediu desculpas à torcida e informou a demissão do antigo treinador da Raposa. "Tenho que pedir desculpas à torcida do Cruzeiro. É inadmissível que seja eliminado da Copa do Brasil. Temos que corrigir o rumo, no começo, enquanto tem tempo. Conversamos com o Felipe e demos a descontinuidade dele. Agradeço ao Felipe, pelas conversas, mas, infelizmente, a performance não era a esperada", pontuou o dirigente celeste.

Na partida, a Juazeirense, jogando no 4-4-2 de Carlos Rabello, teve mais posse de bola: 60%. O Cruzeiro, treinado pela última vez por Felipe Conceição, chutou mais a gol: dezessete a doze. Em finalizações certas, entretanto, empate: quatro a quatro.

Próximo treinador

Após voltar a pedir escusas à torcida, o presidente celeste destacou que já busca um novo nome. "A gente agora já está conversando com nosso executivo. Pedindo o apoio de todo mundo e reiterando minha desculpas à torcida. Pode ter certeza que vamos trabalhar muito para corrigir nossa rota e trabalhar para chegar nosso objetivo final. Pela terceira vez, meu pedido de desculpas. Confiem que vamos buscar o melhor para vocês", comentou. A imprensa mineira dá conta que Mozart Santos é o mais cotado para ser contactado. 

O CEC volta a campo no próximo sábado (12), às 21h, contra o Goiás, em jogo válido pela terceira rodada da Série B 2021

VAVEL Logo