Em má fase e pressionado, Cruzeiro recebe Goiás
buscando recuperação na Série B
Elenco treina na Toca da Raposa (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Diante de um ambiente de desconfiança, em virtude do mal início na Série B e da eliminação na Copa do Brasil para a Juazeirense, o Cruzeiro recebe, às 21h deste sábado (12), a equipe do Goiás, em partida válida pela terceira rodada da segundona, no Mineirão.

A raposa é lanterna da competição, com nenhum ponto somado. O Esmeraldino, por outro lado, tem uma vitória, um empate, e ocupa a parte de cima da tabela de classificação.

Técnico novo e volta de atletas afastados

Anunciado nessa quinta-feira (10), o técnico Mozart comandou apenas um treino na Toca da Raposa, e vai estrear na beira do campo neste sábado. Para o confronto, o recém chegado não contará com o lateral-direito Raúl Cáceres, nem com o meia Marco Antônio – este último estava afastado e foi reintegrado pela nova comissão técnica. Ambos testaram positivo para a COVID-19. O Cruzeiro não confirmou de forma oficial os casos, pois aguarda a contraprova do teste.

No lugar de Cáceres, Joseph, que já atuou como lateral na carreira, deverá ser improvisado na posição, já que Klebinho não deve ser relacionado para o duelo. Outra novidade deverá ser a volta do meia Marcinho na delegação – ele também havia sido encostado por Felipe Conceição.

Sendo assim, um provável Cruzeiro terá Fábio; Joseph, Wéverton, Ramon e Matheus Pereira; Matheus Neris, Rômulo, Matheus Barbosa (Rafael Sobis); Airton, Bruno José e Guilherme Bissoli

Veja a coletiva de apresentação do novo comandante:

Goiás tenta entrar no G4

Com um início agradável na Série B, os jogadores do Goiás querem mais. A equipe, que não sofre gols há cinco jogos, encerrou os preparativos nesta sexta-feira, no CT Lanna Drummond.

(Foto: Fernando Lima/Goiás)
(Foto: Fernando Lima/Goiás)

Sem baixas importantes, Pintado não deve realizar alterações do time titular Esmeraldino. Nessa condição, Tadeu, Apodi, David Duarte, Reynaldo, Hugo, Caio Vinícius, Breno, Elvis, Dieguinho, Alef Manga e Bruno Mezenga deverão começar entre os 11.

A fase deles (Cruzeiro) não é boa. Acredito que muitos jogadores já passaram por uma situação parecida. Vivemos isso. Sabemos o quanto é difícil, mas precisamos focar no que vamos fazer para continuarmos no topo", disse o goleiro Tadeu.

Apito o jogo o árbitro Vinicius Furlan, que será auxiliado por Neuza Ines Back e Luiz Alberto Andrini Nogueira.

VAVEL Logo