Marcelo Cabo exalta primeira vitória do Vasco na Série B e elogia garra da equipe
Reprodução/Vasco TV

Na noite deste sábado (12), o Vasco venceu de virada o Brasil de Pelotas por 2 a 1, no Estádio Bento Freitas, pela terceira rodada do Brasileirão Série B. Após a partida, o técnico Marcelo Cabo ressaltou o alívio com a primeira vitória na competição após os resultados negativos nas rodadas anteriores.

“Série B é mais ou menos o que se viu hoje. Tivemos que lidar com marcação forte, imposição física e demoramos a entender o jogo. Mas fizemos um grande segundo tempo. Acho muito difícil qualquer equipe virar o jogo aqui no Bento de Freitas como o Vasco virou. 

Acredito que essa vitória seja um divisor de águas, e a gente emplaque as vitórias na competição. Vitória muito importante, recuperamos os pontos que perdemos em casa. Em dois jogos fora, fizemos quatro pontos. Pelo espírito e garra, os jogadores encarnaram o espírito do Vasco e levamos uma vitória muito importante".

Marcelo Cabo falou sobre a dificuldade e a demora que o time levou para sair da marcação adversária e encontrar espaços na primeira etapa.

“Não fizemos um bom primeiro tempo. Conseguimos melhorar a partir dos 35 minutos, quando tivemos um bom volume de jogo. Não conseguimos sair da marcação sob pressão no início, tivemos muita dificuldades, não conseguimos construir com passe por dentro ou na profundidade nas costas da linha alta. Depois dos 30 minutos encaixamos um pouquinho, com Matías, chegamos três ou quatro vezes à linha de fundo, mas sem peso de área. No intervalo, entendemos que precisávamos de uma profundidade maior na lateral, na esquerda, com Riquelme. 

Era um campo pesado, jogo de imposição física, e sabia que o Juninho poderia quebrar essa linha deles, criar essa superioridade no meio e dar profundidade pelas laterais. Criamos inúmeras chances no segundo tempo, jogamos praticamente o tempo todo no campo do Brasil, nossas linhas subiram, fizemos boas triangulações e tivemos um bom volume. Já tinha pensado na entrada do Daniel (Amorim) no intervalo se a gente não conseguisse empatar no início. Acabou que fizemos um bom jogo, criamos boas chances e viramos”.

O técnico Marcelo Cabo ressaltou a importância de Daniel Amorim na equipe, que foi desfalque na última partida pela Copa do Brasil, o atacante esteve à disposição do cruzmaltino e fez um dos gols da vitória.

“Me lembro quando fomos contratar o Daniel Amorim, em reunião com Alexandre Pássaro, falei que ele seria muito importante pelo físico. Foi justamente essa leitura. Quando ele entrou, puxou dois ou três jogadores, e o Morato fez o gol da vitória. Ele fez o primeiro gol e iniciou a jogada do segundo gol. É um jogador de área pela sua altura, mas também é um jogador que sabe sair da área, com 1,91m. Foi uma oportunidade de mercado, e precisávamos de um jogador com essas características. Jovem jogador, vamos precisar muito dele dentro da temporada, e ele vai nos ajudar”.

Com quatro pontos na décima colocação da tabela, o Vasco enfrenta o Avaí, na próxima quarta-feira (16), em São Januário, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

VAVEL Logo