Corinthians é superior ao Inter, mas fica no empate em jogo de arbitragem polêmica
Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Na noite deste sábado (3), o Corinthians recebeu o Internacional na Neo Química Arena, em confronto válido pela nona rodada. Mesmo com superioridade corinthiana, a partida terminou empatada em 1 a 1 e foi marcado por polêmica de arbitragem. Os gols foram marcados por , pelo lado do Corinthians, e Edenílson, para o Inter. Confira os melhores momentos.

 

  •  Análise da partida

A primeira etapa começou com uma partida muito truncada, dificilmente com troca de passes e jogadas em equipe com eficácia. O primeiro lance perigoso foi com Gustavo Mosquito, aos 27 minutos. O ponta do Corinthians arrancou pela ponta direita, cortou para o meio e bateu tirando tinta da trave.

O Corinthians chegava mais ao ataque, porém após o lance de Mosquito, o Colorado passou a entrar um pouco mais no jogo. O Timão chegou mais algumas vezes com Matheus Vital e Mosquito, mas sem tanta pontaria.

Gustavo Mosquito, por ser a cara desse atual Corinthians e o jogador mais em evidência do elenco do Sylvinho, era jogador mais marcado em campo. Sempre que recebia a bola, dois ou três jogadores do Internacional iam dar combate nele.

Aos 35, veio o lance que marcou a partida. Após levantamento na área de Edenílson, Cuesta foi empurrado por e o árbitro marcou o pênalti. No replay do lance, vimos que o zagueiro colorado estava impedido. Mas, segundo o VAR, ele não participa da jogada e o pênalti foi confirmado. Após muita reclamação do Corinthians, Edenílson foi para bola e abriu o placar na Neo Química Arena.

Com o resultado negativo na primeira etapa, o Corinthians se soltou mais ainda ao ataque na segunda etapa, levando constante perigo ao gol de Daniel. No total, ao final da partida, foram 20 chutes da equipe alvinegra contra 7 do Inter.

O Corinthians chegava constantemente ao gol de Daniel, levando perigo na maioria das oportunidades. Chegou com Jô, aos dois minutos, com uma bola tirando tinta da trave, depois com Araos e também Matheus Vital.

Depois de muita insistência, o gol do Corinthians saiu. Aos 34, Fábio Santos recebeu bola na linha de fundo e cruzou para o Luan. O camisa 7 fez o desvio de cabeça mas Daniel espalmou. No rebote, Jô só teve o trabalho de empurrar para as redes. Com o gol, o centroavante se torna o artilheiro da equipe na temporada e empata com Romero na artilharia da Neo Química Arena.

O Corinthians não ficou satisfeito com o empate e seguia pressionando e indo para cima da equipe do Internacional. Chegou com perigo com Luan, após um chute de esquerda, mas a bola foi por cima do gol, e com Matheus Vital, espalmada por Daniel após jogada na ponta esquerda. 

Sem conseguir transformas essa última pressão em bola na rede, a partida terminou empatada em 1 a 1, em São Paulo.

  • Classificação e próximos compromissos

Com o empate, os mandantes ocupam a 10ª do Brasileirão, com 11 pontos. Na próxima quinta-feira (8), o Corinthians volta à campo para encarar a Chapecoense, às 21h.

Já os visitantes, estão na 14ª com 10 pontos. Na próxima rodada, o Internacional duela contra o São Paulo, na quarta-feira (7), no Beira-Rio, às 21h30.

VAVEL Logo