"Escutei muita coisa", desabafa Matheus Bahia após gol do triunfo sobre Juventude
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

"Foi um desabafo. Venho escutado muita coisa, mas sempre trabalhei e sabia que a bola ia entrar na hora certa". A declaração é do lateral Matheus Bahia, que marcou o gol que fez o Bahia atingir o terceiro triunfo consecutivo no Brasileirão 2021 no 1 a 0 diante do Juventude na última quarta-feira (7), pela 10ª rodada. 

Com isso, o Bahia chegou a 17 pontos e se mantém no G-6. "É um resultado muito importante para nossas metas no campeonato. A gente está trabalhando muito para se manter na parte de cima da tabela porque temos condição de estar lá", comemorou o artilheiro da noite. O tricolor venceu os últimos três jogos e faz a melhor campanha na Era dos pontos corridos.

O jogo foi equilibrado, com pouca criatividade, 38 faltas e muitos lançamentos (54% do Bahia). Das cinco finalizações certas, apenas uma foi no segundo tempo e justamente foi a que entrou. O gol saiu em um lance que envolveu dois destaques do Bahia (o lateral Nino Paraíba e o artilheiro Gilberto) e o atacante Thonny Anderson, que segundos após entrar em campo viu Matheus Bahia invadir a área pela esquerda e tocou para o lateral chutar cruzado e estufar a rede.

"Tivemos problemas defensivos no terço inicial, deixamos a desejar em algumas tabelas laterais pela esquerda. O adversário teve duas chances, mas não demos todo esse espaço, não foi um apagão. Soubemos descer as linhas, mas não engatilhar os contra-ataques para, quem sabe, matar o jogo no finalzinho da partida", completou o técnico Dado Cavalcanti.

A marcação foi o ponto forte do Juventude, que atacava mais com Paulinho Boia e Wescley. Pouco acionado durante o jogo, o artilheiro Matheus Peixoto quase empatou aos 45 do segundo tempo, mas o chute passou rente à trave esquerda do goleiro.

A partida esquentou na reta final. O Juventude se fechou e quando levou o gol, por exemplo, tinha oito jogadores na área além do goleiro Marcelo Carné. Apesar da superioridade numérica da defesa, prevaleceu a eficiência do tricolor. O time de Marquinhos Santos terminou com um volante (Elton) e três atacantes em campo (Fernando Pacheco e Marcos Vinicios ao lado de Peixoto). Na chance mais clara que teve, aos 43, o peruano bateu firme, porém à direita de Matheus Teixeira.

Classificação e próximos jogos

Apesar da derrota, o Juventude segue como o gaúcho mais bem colocado na tabela, em 13º lugar, com 12 pontos, e na 11ª rodada encara o Atlético-GO em Caxias do Sul, em confronto previsto para domingo (11).

No final de semana tem duelo de tricolores. O São Paulo é o adversário da equipe de Dado Cavalcanti na 11ª rodada, no sábado (10), no Estádio do Morumbi. 

VAVEL Logo