Avaí reage no segundo tempo e busca empate com Brasil de Pelotas na Série B
Gol de Júnior Dutra definiu o placar na Ressacada (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Avaí perdeu a chance de entrar no G-4, mas ampliou a sequência invicta na Série B 2021 neste domingo (25). O Leão empatou em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas, na Ressacada, pela 14ª rodada da competição. Netto abriu o placar para o Xavante, mas Júnior Dutra fechou o placar para o Leão.

Xavante frustra Avaí e sai na frente

A primeira etapa foi de descontrole e desconforto do Avaí. O Leão, que teve o retorno de Bruno Silva e a entrada de Renato entre os titulares, tentou fazer a saída de bola e construção que normalmente faz com a posse de bola, mas enfrentou um adversário bem montado.

O Brasil incomodou a saída de bola do Avaí, criou várias jogadas com roubadas no campo de ataque e terminou a etapa inicial com cinco a três em finalizações. A primeira chance do Xavante foi aos 9. Vidal recebeu de Jarro pela direita e cruzou rasteiro para Ramon, que mandou por cima.

Aos 18, após erro de Diego Renan na saída de bola, Netto avançou pelo meio e chutou no canto de Gledson: 1 a 0. Dois minutos depois, o Avaí se complicou ainda mais, após entrada de Lourenço na canela de Ícaro no campo de ataque. O meia avaiano tomou vermelho direto.

Com um a mais, o Brasil ficou ainda mais confortável no jogo. O Xavante passou a trocar mais passes no campo de defesa e dificultou ainda mais a criação do Avaí, que, com um a menos, teve menos energia para pressionar.

No único lance em que apareceu, Copete quase decidiu. Aos 26, ele recebeu de Serrato e cruzou na medida para Jonathan dentro da área, mas ele isolou. Por pouco, o Xavante não ampliou na sequência. Gledson saiu jogando mal sob pressão, Netto ficou com a bola e tentou encobrir, mas mandou por cima.

Muito tenso, o Avaí teve poucas chances na reta final do primeiro tempo e foi para o intervalo atrás no placar.

Avaí reage

Para a segunda etapa, Claudinei Oliveira trocou Jonathan por Júnior Dutra, que foi decisivo na partida. No segundo tempo, o Leão foi muito mais controlar e criou várias chances, além de ter segurado as chegadas do Brasil de Pelotas.

Outra alteração importante no Leão foi a entrada de João Lucas na vaga de Diego Renan durante a segunda etapa, criando uma alternativa importante pela esquerda. O Brasil, porém, por pouco não ampliou aos 23. Renatinho, ex-Avaí, ficou livre após passe errado de Rafael Pereira e ficou livre de frente para o gol, mas mandou à esquerda.

No lance seguinte, o castigo veio para o Brasil. Júnior Dutra ficou com a bola na entrada da área, limpou para dentro e chutou colocado, encobrindo o goleiro e fazendo um golaço: 1 a 1. No minuto 25, quase a virada. Dutra tabelou com Edilson e apareceu dentro da área para finalizar, mas mandou por cima.

Aos 30, Jarro Pedroso adiantou demais uma bola na entrada da área e acertou a canela de Rafael Pereira - ele levou o segundo amarelo e também foi expulso. A partir daí, o Avaí passou a pressionar. Aos 32, Dutra cabeceou para o chão cruzamento de Valdívia, mas parou em defesaça de Matheus Nogueira. Sete minutos depois, João Lucas levantou para a área de três dedos, Copete cabeceou colocado e mandou raspando a trave.

O Brasil conseguiu um contra-ataque que quase garantiu a primeira vitória como visitante, mas Netto parou em Gledson. Nos acréscimos, Valdívia chutou da entrada da área e mandou perto da trave. O placar, porém, ficou em 1 a 1.

Classificação e próximos compromissos

Essa foi a oitava partida sem derrotas do Avaí na Série B, mas o time cai para o sétimo lugar, com 22 pontos. O Brasil de Pelotas deixa a zona de rebaixamento e está em 16º, com 12.

O Avaí joga seu terceiro jogo seguido em casa na quarta-feira (28) contra o Remo, às 19h. Se vencer, o Leão sobe para o terceiro lugar, já que essa partida é atrasada da quinta rodada. O Brasil volta a campo no sábado (31) contra o Sampaio Corrêa, em Pelotas, às 19h.

VAVEL Logo