Claudinei lamenta atuação em goleada sofrida pelo Avaí em Campinas: "Uma das piores do ano"
Time não tomava mais de três gols em um jogo há mais de um ano (Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC)

Em jogo crucial na briga pelo acesso, o Avaí foi facilmente batido pelo Guarani, em Campinas, por 4 a 0 neste sábado (13) e pode deixar o G-4 da Série B 2021 a duas rodadas do fim da competição. O Leão tomou dois gols em cada tempo e, diferente do que vinha acontecendo no segundo turno, mostrou pouca reação diante de um adversário direto, que agora está à frente na tabela.

O técnico Claudinei Oliveira lamentou os erros da equipe, mas destacou que esses mesmos jogadores levaram a equipe até onde ela está no momento.

"Futebol é assim, tem coisa que não explicação. Fizemos uma das nossas melhores atuações na segunda-feira contra o CSA e, alguns dias depois, repetimos a equipe, e tivemos uma das piores do ano. As duas equipe começaram se respeitando, mas, a partir do momento que sofremos o primeiro gol, nos desorganizamos. Tentamos reagir, mas foi aquele dia que deu tudo errado. Temos que manter o foco, lembrar os jogadores o que fizemos toda a temporada e dar moral para conseguir o acesso nos dois últimos jogos".

"Não é momento para abaixar a cabeça"

Apesar de estar perdendo por 2 a 0 no intervalo, Claudinei retornou para a etapa final com o mesmo time. Segundo o treinador, a estratégia foi tentar melhorar com a mesma equipe que vinha jogando bem em outras partidas.

"Acho que ninguém contestaria a equipe que foi escalada. Achamos que, com orientação, poderíamos mudar com os mesmos 11 para o segundo tempo. Infelizmente, quando tínhamos Rômulo e Jadson prontos para entrar, tomamos o terceiro gol", lembrou.

Apesar da derrota dura, Claudinei entende que esta foi uma falha de percurso - o Avaí não tomava mais de três gols em uma partida desde setembro de 2020, quando perdeu de 5 a 2 para o Sampaio Corrêa. O treinador destaca que o time já mostrou poder de reação em outros momentos no ano.

"Não faltou vontade, competimos, mas as coisas não aconteceram. Já passamos por momentos difíceis nessa e em outras temporadas, e nossa equipe reagiu bem. Acredito muito que o grupo vai dar uma resposta positiva. Não é momento para abaixar a cabeça, eles já mostraram muita personalidade e brio. Esperamos que isso se repita nas próximas rodadas para conseguir o acesso".

O que vem por aí

Com 58 pontos, o Avaí está momentaneamente em quarto lugar, com a mesma pontuação do Goiás e um ponto à frente do CRB, que ainda jogam na rodada. Para terminar a rodada no G-4, o Leão precisa de uma derrota do Esmeraldino para o Remo e, no máximo, de um empate dos alagoanos diante do Brusque.

O Avaí vai jogar no próximo domingo (21), em Recife contra o Náutico, às 18h30, e encerra sua participação na Série B diante do Sampaio Corrêa, em Florianópolis.

VAVEL Logo