Alta tensão: Guarani e Avaí fazem duelo decisivo na luta pelo acesso à Série A
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC

A reta final da Série B 2021 reserva jogos tensos e emocionantes em várias frentes. Na antepenúltima rodada, Guarani e Avaí fazem um duelo direto neste sábado (13) na briga pelo acesso, em Campinas. A bola rola no estádio Brinco de Ouro da Princesa às 16h.

As equipes já se enfrentaram 15 vezes na história, com seis vitórias para cada lado e três empates. No primeiro turno, na Ressacada, o Bugre venceu por 1 a 0 com gol de Allan Victor no último lance da partida. Esse jogo quebrou uma invencibilidade de 11 partidas do Avaí na Segundona.

Mobilização bugrina

O Guarani vem de quatro partidas sem derrota na Série B. Na última rodada, o Bugre bateu o rebaixado Brasil por 1 a 0, em Pelotas, e chegou aos 56 pontos, na sétima colocação. O time de Campinas está dois pontos atrás do Avaí, terceiro colocado, e do Goiás, que fecha o G-4.

Para o duelo direto contra os catarinenses, a diretoria bugrina colocou mais de 18 mil ingressos à venda. Para os setores tobogã, do tobogã inferior e cabeceira sul, o preço da entrada é de R$ 20 para quem estiver com o manto do Guarani.

O jogo contra o Avaí é o primeiro de três duelos diretos do Guarani nas últimas três rodadas da Série B. Na próxima rodada, o Bugre recebe o Goiás, quarto colocado. No encerramento da competição, o time visita o líder Botafogo.

O técnico Daniel Paulista não tem nenhum desfalque por suspensão, passando ileso da rodada passada, onde o Guarani tinha 12 jogadores pendurados. Os desfalques do Bugre são o lateral Diogo Mateus e o atacante Júnior Todinho, lesionados.

Provável escalação do Guarani: Rafael Martins; Mateus Ludke, Ronaldo Alves, Thales, Bidu; Bruno Silva, Índio, Régis; Júlio César, Bruno Sávio, Lucão do Break.

Para se aproximar do objetivo

O Avaí terminou as últimas nove rodadas no grupo de acesso, mas precisa de cinco pontos nas últimas três rodadas para sacramentar o retorno à Série A. O time teve dois jogos em casa para se aproximar do objetivo, mas empatou ambos por 1 a 1, contra Vitória e CSA. O Leão ocupa a terceira colocação, com 58 pontos, mas pode perder a posição no G-4 caso não vença em Campinas.

Em relação à partida anterior, o técnico Claudinei Oliveira não tem nenhum desfalque. O único problema é a lesão de Diego Renan, lateral-esquerdo que está fora do restante da Série B por um problema no joelho. João Lucas deve ser o substituto mais uma vez. No meio-campo, a dúvida é se o treinador mantém Vinícius Leite ou recoloca Jadson entre os titulares.

Além da partida em Campinas, o Avaí vai jogar em Recife contra o Náutico e encerrar sua participação na Série B diante do Sampaio Corrêa, em Florianópolis.

Provável escalação do Avaí: Gledson; Edilson, Alemão, Betão, João Lucas; Bruno Silva; Copete, Jean Cleber, Lourenço, Vinícius Leite (Jadson); Getúlio.

Arbitragem

Anderson Daronco apita o jogo, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau, todos do RS. A equipe do VAR é composta por Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) e Ciro Chaban Junqueira (DF).

VAVEL Logo