Sete meses depois, Chapecoense vence Barra em casa na estreia do Catarinense
(Foto: Júlia Galvão / ACF)

Na tarde desse sábado (22), em Chapecó, a Chapecoense venceu o Barra-SC na abertura do Campeonato Catarinense 2022. Desde 2 de junho do ano passado, o Verdão do Oeste não conquistava um triunfo na Arena Condá. O gol da vitória por 1 a 0 foi marcado por Tiago Real, na primeira etapa.

Barra começa melhor na primeira etapa, mas falha na saída de bola custa caro

A partida começou com o caçula de Balneário Camboriú tomando a iniciativa, sufocando e não deixando a Chape sair para jogar. Aos 5 minutos, Duduh Silva arriscou da entrada da área, ela desviou em Frazan e levou perigo. Aos poucos, a Chape foi crescendo na partida, e chegou a marcar aos 16, com a categoria de Perotti, mas foi marcado corretamente o impedimento do camisa 9. 

Aos 19 minutos, novamente Duduh Silva arrancou após erro na saída dos donos da casa, arriscou da entrada da área e mandou no travessão de João Paulo. Três minutos depois, foi a vez de Pablo roubar a bola no ataque da Chape, entrar na área, e cruzar para Perotti escorar no peito para Tiago Real, que chegou batendo seco e abriu o placar: Verdão 1 a 0.

Após o gol, a partida ficou mais pegada, com faltas mais fortes, e cartões amarelos sendo distribuídos pela árbitra da partida. Na reta final, a Chape conseguiu ter sua melhor jogada coletiva, até a bola chegar em Busanello, que tentou cruzar mas mandou direto para o gol, acertando o travessão de Bruno Grassi.

Chape controla as ações, perde a chance de matar o jogo e se segura no fim com um a menos

Após o intervalo, a partida ficou mais morna, com o Verdão se defendendo bem. Aos 2 minutos, Tiago Real sentiu a coxa esquerda e teve que ser substituído. Aos 10, Guedes ajeitou para Busanello, que chutou forte com estilo, e levou muito perigo. Depois, foi a vez de Frazan soltar a pancada da intermediária, e raspar a trave do Barra.

O time visitante voltou a levar perigo aos 26 minutos, quando Pereira aproveitou a sobra na área, chutou no cantinho e João Paulo voou para espalmar. Na cobrança do escanteio, Fredson desviou, o goleiro da Chape saiu errado e, sem goleiro, Wallace não conseguiu fazer o movimento certo e mandou por cima do gol.

Aos 32 minutos, Maranhão aproveitou a casquinha de Perotti, saiu na cara do gol e parou em grande defesa de Bruno Grassi. Depois, foi a vez do próprio camisa 9 aproveitar um enorme vacilo da defesa do Pescador, ficar cara a cara na marca do pênalti, mas chutar para fora.

Aos 39, Reginaldo recebeu o segundo cartão amarelo poucos minutos após ter recebido o primeiro, e foi expulso. Com isso, o técnico Felipe Conceição reforçou a marcação e fechou a casinha para garantir, com sucesso, a vitória na estreia do Campeonato Catarinense.

Próxima rodada

Na quarta-feira (26), as duas equipes voltarão a campo pelo estadual. O Barra enfrentará o Figueirense, às 19h, no Gigantão das Avenidas, enquanto a Chape, às 21h30, irá até a Ressacada fazer o clássico contra o Avaí.

VAVEL Logo