Itabaiana faz partida segura contra Maruinense e segue invicto no Sergipano
Foto: Divulgação / Itabaiana

O retrospecto estava a favor do Tricolor da Serra, são seis vitórias do Itabaiana, e apenas uma do Maruinense. O jogo foi na cidade de Frei Paulo, algo no mínimo curioso, até porque, o estádio Vavazão foi reformado em 2014, com um investimento de R$ 2.946.477,27 milhões, tanto investimento para jogar longe dos seus torcedores.

O verdadeiro adversário do Itabaina foi o gramado, que para além de enfrentar o time do Maruinense, enfrentou a resistência de um difícil e duro gramado, que impediu o jogo técnico que a torcida tanto gosta de apreciar. No jogo de ida o Itabaiana venceu por 4 a 0 fora o baile, e a seleção do Itabaiana entrou para manter a invencibilidade que agora alcance sete partidas, são dois jogos sem sofrer um gol se quer.

  • Um primeiro tempo vertical, direto ao campo de ataque

O líder geral do campeonato chegou com perigo aos 11 minutos, em uma boa jogada pelo lado esquerdo, uma troca de passes em triangulação que resultou no forte chute da entrada da grande área que forçou o goleirão a fazer a primeira boa defesa de mãos trocadas.

Nos primeiros 15 minutos o jogo foi bem estudado, o Itabaina fez marcação pressão no próprio campo, ficando mais tempo com a bola, tentando propor o jogo, mas sempre que chegava levava perigo a defesa de Maruim, sempre arriscando o chute de fora da área.

Aos 21 minutos do primeiro tempo, em bola trabalhada entre Davi Ceará e Elicarlos, que recebeu a bola de frente para grande área, cortou o marcador e chutou de longe, com força, a bola explodiu na trave e cruzou a frente do gol sem que alguém pudesse empurrar para as redes, a defesa do Maruinense despacha a bola para fora.

No segundo escanteio do jogo, em ótima cobrança do camisa 10, Davi Ceará, o cerébro do time, colocou na cabeça de Gustavo, que escorou a testa para abrir o placar e marcar o primeiro da partida, cruzamento de Davi Ceará, no primeiro pau, 1 a 0 Itabaiana.

O camisa 9 do Itabaiana, João Vitor, saiu da grande área para receber a bola, com verticalidade correu com a bola dominado em direção a entrada da grande área, entregou a bola no meio, e correu para dentro da grande área, Davi Ceará percebeu a movimentação rápida e em ligeira troca de passes devolveu a bola para João Vitor, que recebeu a bola de frente para o gol, cara a cara com o goleiro e mandou para o fundo da rede, Itabaiana 2 a 0.

Em ótima cobrança de falta, de Davi Ceará, o goleiro Marcão teve de trabalhar novamente em ótima defesa impedindo o terceiro Gol do tremendão da Serra, que seguiu pressionando pelo terceiro gol. O time da Serra não foi ameaçado em nenhum momento, e tudo indica que chega forte para as finais.

  • Um segundo tempo tricolor

No intervalo a discussão foi forte no vestiário do Maruinense, o jogador Felipe manteve forte desentendimento com o técnico Rubem Bill, os ânimos esfriaram após a presença da força tática das Operações Policiais em área de Caatinga.

Aos 2 minutos, a árbitra Clayslane de Melo Costa, mostrou o vermelho para o Edson, por um puxão no camisa 9, João Vitor. O técnico do Maruinense mexeu no time, mas a mudança pouco mudou a postura do time em campo.

Teve a estreia de Bruninho, o sergipano que jogou no atlético gloriense ainda não se mostrou entrosado com o time em campo, isso leva tempo, entretanto, a estratégia do Tremendão é de qualificar e se precaver de possíveis desfalces por contusão ou expulsão por exemplo.

O tricolor da Serra continuou trabalhando a bola no setor ofensivo, sempre com boas trocas de passes na entrada da grande área, e sempre finalizando com perigo, sempre de frente para o gol. Foi uma verdadeira avalanche de chutes contra o gol do Maruinense, o goleiro defendeu as que foram no gol, enquanto a má técnica aplica aos chutes de chute de fora da área resultou em muitos chutes para fora ou por cima do gol.

  • Próximos jogos dos dois times

O Itabaiana recebe o bom time do Falcon, no Eltevino Medonça na sexta-feira (25), às 20h15. O Maruinense viaja até Nossa Senhora da Glória, para enfrentar o Atlético Gloriense, no sábado (26), marcado para às 16h30. 

VAVEL Logo