De olho no segundo amistoso, Brasil projeta novos testes
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Nesta segunda-feira (11), o Brasil enfrenta a Hungria às 15h30 (horário de Brasília), na Pinatar Arena, em San Pedro del Pinatar, na Espanha.

Na última partida, o Brasil terminou com empate contra a Espanha, deixando tudo igual em 1 a 1. Com um grande destaque na goleira Lorena, a Seleção Feminina conseguiu ter um bom controle de jogo.

Novas caras no time

A técnica sueca, Pia Sundhage, revelou que irá testar novas formações em busca de boas respostas, e uma boa resposta é atuando em partidas internacionais. Também confessa que irá ter novas caras no elenco. 

Treinos e desfalques

Ajustando os últimos detalhes, a treinadora fez um treino de apoio e suporte, em campo reduzido. Na sequência, escalou a equipe titular para ajustar estratégias de jogo. Ao final do treino, as atacantes treinaram finalizações, enquanto as jogadoras do setor defensivo trabalharam a cobertura de jogadas de bola parada.

A Seleção conta com somente um desfalque, sendo a zagueira Giovanna Campiolo, que acabou sofrendo um ferimento no supercílio direito e fraturou o nariz no treino da última sexta-feira.

Após esse jogo, as brasileiras voltam pra casa, pois o próximo confronto é contra a Suécia, mas somente em junho. Será a última partida antes da Copa América, que acontecerá de 8 a 30 de julho.

Adversárias fortes

Com um bom histórico de vitórias, a Seleção Húngara Feminina vem com uma goleada recente. Na sexta-feira (08), fez 7 gols na Seleção Feminina das Ilhas Faroé.

As adversárias são conhecidas pela forte linha defensiva, às vezes com 3 ou 5 jogadoras na linha de defesa, por isso, as brasileiras terão de ter melhor encaixe no contra-ataque, mas também valorizar sua defesa.

"O que será importante nessa partida é o movimento sem a bola, essa é uma das principais alternativas para elevar a velocidade do jogo e completar os passes. Amanhã será muito importante as opções no ataque e que a gente desafie a linha delas e, assim, tentar criar chances diante um time difícil", enfatiza Pia.

VAVEL Logo