Em noite de arbitragem polêmica, Avaí bate Goiás e dispara na tabela do Brasileirão
Foto: Frederico Tadeu / Avaí FC

Foi um jogo muito movimentado, com gols, confusão e uma atuação muito confusa da arbitragem. No fim, o Avaí bateu o Goiás por 3 a 2 na Ressacada nesta segunda-feira (25) e conquistou sua segunda vitória no Brasileirão 2022.

Morato, Bissoli e Muriqui, de pênalti, marcaram os gols do Avaí na partida válida pela terceira rodada. Pedro Raul e Élvis, também de pênalti, descontaram para o Goiás.

No total, foram dois pênaltis anulados, três mudanças de marcação pelo VAR no total e ainda uma expulsão, para Morato, autor do primeiro gol da partida em Florianópolis.

Pressão inicial do Avaí funciona

No início, o Avaí, que teve Bissoli e Eduardo como novidades no time titular, pressionou a saída de bola do Goiás, que mudou seu esquema de 3-5-2 para 4-3-3, com a entrada de Maguinho no lugar de Sidnei. A pressão inicial dos mandantes funcionou e, logo aos 4, Muriqui cruzou de canhota da esquerda, defesa raspou e Morato empurrou para o fundo do gol: 1 a 0.

Arbitragem em evidência

Poucos minutos depois, aos 6, o árbitro Antonio Dib Moraes de Sousa marcou pênalti de Bressan em cima de Apodi, mas o VAR reverteu a decisão já que a falta aconteceu fora da área. Os ânimos, que já estavam exaltados desde os primeiros segundos, ficaram ainda mais acesos.

Mesmo após o gol, o Avaí seguiu em cima e chegou a ter quase 65% de posse de bola. O jogo começou a mudar aos 23, quando Morato pisou em Dadá Belmonte caído. Após checagem do VAR, o árbitro deu vermelho direto para o atacante avaiano.

Depois da expulsão, o Goiás passou a ter mais posse de bola - terminou o primeiro tempo com 51% - e foi mais presente no ataque, mas sem muitos argumentos para superar a defesa avaiana. Jair Ventura tirou, ainda na primeira etapa, o amarelado Maguinho para a entrada do meia Élvis, que deu mais criatividade ao meio-campo esmeraldino.

Aos 35, outra vez, o árbitro apontou pênalti para o Goiás em dividida de Cortez com Apodi. Novamente, porém, o VAR apontou falta fora da área. Esta foi a primeira vez na história do Brasileirão que uma arbitragem de vídeo modificou três decisões de campo em um primeiro tempo.

Mesmo com um a menos, o Avaí teve mais chances e contou com boa movimentação de Bissoli na frente. Aos 40, Kevin bateu escanteio fechado, Pedro Raul desviou contra e bola bateu no travessão.

Logo na sequência, o atacante do Goiás repetiu a dose, mas no ataque. Élvis bateu escanteio na pequena área, Pedro Raul cabeceou e parou no travessão após desvio de Douglas, que segurou o 1 a 0 para o Avaí.

Leão amplia

O segundo tempo começou com o Avaí ainda superior e com mais um gol logo no início. Aos 5, Eduardo chegou bem pela direita e cruzou rasteiro para Bissoli, que apareceu livre na área e finalizou forte para ampliar em Floripa. Com o Goiás sem poder de reação, o Leão continuou superior apesar da desvantagem numérica.

Aos 14, mais uma polêmica da arbitragem. Raniele avançou pela esquerda e foi derrubado por Fellipe Bastos, aparentemente fora da área. Desta vez, porém, o árbitro confirmou o pênalti. Muriqui cobrou no meio do gol e marcou seu quinto gol em 2022, fazendo 3 a 0 para o Avaí.

Goiás reage tardiamente

Com a vantagem elástica, Eduardo Barroca fez alterações para oxigenar o Avaí, enquanto Jair Ventura tentou colocar o Goiás para frente, mas sem grandes mudanças de cenário até os 30. Após cobrança de falta de Élvis da intermediária, bola passou por muitos jogadores, Douglas espalmou e Pedro Raul completou no rebote, descontando para o Esmeraldino.

Depois disso, a tensão se instalou na Ressacada. O Avaí não teve mais saída do campo de defesa e Goiás abafou. Aos 33, Nicolas quase marcou o segundo do Esmeraldino em lance que a arbitragem marcou, erroneamente, impedimento. Aos 38, mais uma polêmica, quando o juiz marcou mais um pênalti após Luiz Filipe se antecipar a Lucas Ventura e tomar chute por baixo dentro da área. O VAR chamou o árbitro ao vídeo, mas ele confirmou a marcação desta vez. Élvis deslocou Douglas e reacendeu as esperanças do Esmeraldino.

Dois minutos depois, Douglas apareceu para salvar o Avaí em cabeçada de Nicolas no canto. O Goiás teve nove minutos de acréscimo para pressionar em busca do empate heroico, mas os mandantes resistiram e garantiram os três pontos.

Classificação e próximos compromissos

A vitória coloca o Avaí na sexta posição, com seis pontos, enquanto o Goiás é o penúltimo, com um após três rodadas.

O Avaí volta a campo no domingo (1º) diante do Internacional, fora de casa, às 19h. No sábado (30), o Goiás recebe o Atlético-MG, às 18h30

VAVEL Logo