Eduardo Barroca elogia organização e agressividade do Avaí após vitória sobre Goiás
Foto: Leandro Boeira/Avaí F.C.

Na noite desta segunda-feira (25), o Avaí venceu o Goiás na Ressacada por 3 a 2, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O Leão da Ilha abriu três gols de vantagem, com um a menos desde os 26, e viu o adversário se recuperar no final da segunda etapa, fazendo dois gols. Apesar dos sustos e pressão do Esmeraldino, a partida terminou com a segunda vitória do time catarinense na competição.

O Avaí entrou bem na partida e conseguiu abrir o placar logo nos primeiros minutos. Além disso, mesmo a expulsão de Morato, voltou fulminante no segundo tempo e chegou a abrir 3 a 0..

“Mesmo com um jogador a menos, a gente se manteve organizado, conseguiu se manter agressivo também, principalmente no início do segundo tempo, ampliamos. Na parte final, o jogo foi ficando mais competitivo. Sofremos um gol de bola parada, o segundo também de bola parada. Mas hoje valeu muito a vitória, valeu muito o empenho dos jogadores, mérito mais uma vez deles", analisou o técnico Eduardo Barroca.

Mesmo com um jogador a menos, o Avaí sobrou na maioria da partida. Apesar disso, chegando no último terço de partida, o Goiás cresceu no jogo e conseguiu, em lances de bola parada, dois gols e chegou a pressionar pelo empate. Barroca destacou o mérito dos jogadores, mas acredita que o lance que gerou o primeiro gol poderita ter sido evitado.

“Na minha visão, o primeiro gol, um gol de bola parada, que não deveria acontecer. A gente deixou passar uma bola baixa, praticamente frontal. Depois o Goiás, naturalmente, com um jogador a mais, colocou Nicolas com Pedro Raúl, dois atacantes em cima dos nossos dois zagueiros, desceu Élvis para fazer as bolas longas e a gente começou a sofrer um pouco com esse jogo direto.”.

Vitória em confronto direto

O treinador ressaltou a importância da vitória e colocou o clube esmeraldino como um adversário direto, com pretensões semelhantes à sua equipe nesta competição.

“É um adversário que, na minha visão, joga o mesmo campeonato que a gente. Então foi importante pela pontuação, foi importante pela forma e foi importante vencer um adversário que na minha visão vai jogar o mesmo campeonato que a gente até o final”.

Importância de Muriqui

Muito se falou sobre a escalação de Muriqui, pela ponta esquerda como um extremo, posição diferente dos últimos jogos. Barroca esclareceu o motivo da sua estratégia com o jogador nesta nova função, especialmente para esta partida.

“Eu conheço o Muriqui desde jovem. Na minha cabeça, o Muriqui tem que jogar sempre muito perto do gol porque ele é decisivo perto e é um jogador que sabe fazer gol. Tem a penúltima bola muito boa e é um jogador rápido. Mas ali, o encaixe no lado esquerdo teve muito a ver com o time do Goiás e o jeito que eu imaginava que o Goiás vinha pro jogo. Tanto que o Goiás veio com Maguinho, Diego e Apodi, três jogadores de características de lado iniciando a partida e acabou que isso foi muito importante, fazer esse triângulo com Cortez, Eduardo e Muriqui, do lado de lá. A gente começou o jogo e conseguimos jogar bastante por ali, inclusive saiu o primeiro gol ali pelo lado esquerdo”.

Além da função tática, o comandante elogiou Muriqui pelo lado técnico e destacou que o jogador tem qualidade para atuar como centroavante, ponta e também como meia, atrás do atacante.

Por fim, o comandante deixou claro a meta e objetivo do clube e que, mentalmente, é mais tranquilo trabalhar no pós-vitória, fazer ajustes, sem ter que se desesperar olhando para cima na tabela.

“No final, o que vai valer mesmo é a 38ª rodada, a nossa classificação, mas mentalmente é importante demais — pontuar no início da temporada. A gente tem a nossa meta clara, a proposta do clube é a permanência na Série A, fizemos seis pontos e a gente tem um caminho muito longo para atingir esse objetivo. É como falei, a vitória traz coisas muito boas de dia-a-dia, mas que a gente precisa manter os pés no chão, trabalhar com a corda esticada, cobrança alta, para que a gente continue nesse nível de crescimento”.

O Avaí entra em campo novamente no domingo (1º), contra o Internacional no Beira-Rio, às 19h, pelo Brasileirão.

VAVEL Logo