Cria da base do Grêmio, Yago Taborda luta pelo acesso na Espanha na primeira temporada como profissional
Foto: Rodrigo Fatturi / Grêmio

O lateral-direito Yago Taborda tem apenas 20 anos e atua no Racing Club de Ferrol, equipe que disputa a terceira divisão do futebol espanhol. O atleta faz apenas sua primeira temporada como jogador profissional, sendo a primeira fora do Grêmio, único outro clube que jogou, e onde passou dez anos da sua trajetória como jogador. O jovem relembrou os tempos no Imortal.

“Tive muito momentos no Grêmio que me marcaram demais. Copa efipam foi uma delas onde fomos campeões em cima do Inter, que é sempre uma rivalidade muito grande. Outro marcante foi na China onde ficamos em 3º lugar, mas acabou sendo uma experiência surreal. Além claro de muitas outras, afinal são dez anos de clube. Aprendi muita coisa dentro do clube, até mesmo através de ex-jogadores que atuaram no Grêmio. É uma equipe de pessoas que tem muito amor pelo clube, uma vontade imensa de sempre querer ganhar e dar de tudo no campo. Essas características eu levo comigo para sempre”, disse o jogador. 

Faltando duas rodadas para o final da Primera RFEF (equivalente a terceira divisão da Espanha), o Racing Ferrol está na terceira colocação na tabela, com 66 pontos em 36 jogos. O time já está classificado para os playoffs de acesso. Apenas quatro equipes garantem vaga na segunda divisão, sendo os dois campeões de grupos, e outras duas equipes que passam pelos playoffs. 

Durante a longa trajetória dentro do Grêmio, Yago acumulou diversos títulos e experiências. O atleta também tem no currículo uma convocação para a Seleção Brasileira Sub-15, por suas boas atuações na base. O jogador foi contratado em definitivo pelo Racing Ferrol e está em final de contrato com o clube. Seu vínculo vai até o final de junho de 2022. O atleta também comentou sobre essa situação. 

“Tem sido uma experiência muito boa aqui na Espanha e repleta de aprendizado. Hoje estou vivenciando algo que sempre foi o meu sonho e acredito que também o sonho de muitos jovens por aí. Estou tendo novas visões e experiências de em relação a maneira de como eles trabalham e jogam. Meu contrato acaba agora em junho mas estou totalmente focado aqui. Só penso na nossa equipe e no acesso, que estamos bem perto de conseguir. Mas claro que depois de junho estou aberto para novos clubes também”, contou.

VAVEL Logo